Governo do Tajiquistão proíbe o uso do Facebook no país

Nesta última terça-feira, portanto, ontem 27 de novembro, o governo do Tajiquistão ordenou que os provedores de internet do país bloqueassem imediatamente o acesso ao Facebook

Por | @oficinadanet Internet

Nesta última terça-feira, portanto, ontem 27 de novembro, o governo do Tajiquistão ordenou que os provedores de internet do país bloqueassem imediatamente o acesso ao Facebook. Conforme o ministério de Telecomunicações do país declarou que a decisão fora tomada logo após alguns usuários reclamarem que o presidente Emomalli Rakhmon estava sendo caluniado na rede social.

Em depoimento o ministro das Telecomunicações Beg Zukhorov, declarou que muitas ligações foram recebidas, onde seus cidadãos pediram o fechamento do site, descritos com Viveiro da Calúnia. Em entrevista a agência de notícias russa Ria-Novosti, Zukhorov disse que, “Poucas pessoas verão este passo como algo negativo”.

Em uma população de 7,6 milhões, cerca de 41 mil tajiques usavam o Facebook de acordo com o site Socialbakers. Mas a proibição poderá ser revista de acordo com o ministro, onde ele ainda aguarda uma visita de Zuckerberg para discutir tal bloqueio.

Mais sobre: tajaquistão facebook proibição
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo