Pesquisadores americanos descobrem baleia capaz de emitir som humano

Conhecidas como canários do mar, as Belugas surpreenderam muito os pesquisadores americanos, quando estes descobriram que uma Beluga – baleia branca, teria aprendido a emitir sons bastante semelhantes aos da fala humana

Por | @oficinadanet Internet

Conhecidas como canários do mar, as Belugas surpreenderam muito os pesquisadores americanos, quando estes descobriram que uma Beluga – baleia branca, teria aprendido a emitir sons bastante semelhantes aos da fala humana.

Já era sabido que os golfinhos tinham essa capacidade de aprendizado, mas não era conhecido nenhum animal que fizesse isso espontaneamente. Tais pesquisadores foram descobrir quando escutaram a baleia NOC, de nove anos emitindo sons com frequência e ritmos parecidos aos emitidos na fala humana.

A partir de então, os pesquisadores americanos tinham o desafio de descobrir como NOC conseguiu fazer isso; eles descobriram que as emissões vocais tinham frequências e pausas mais próximas as da fala humana do que aos emitidos normalmente por elas, desde então passaram a recompensar NOC pela emissão de sons semelhantes a da fala, ensinando assim a emiti-los a partir do comando humano e assim monitoraram a pressão em sua cavidade nasal, onde os sons são produzidos.

Tal feito, fez com que os pesquisadores descobrissem que o animal era capaz de mudar rapidamente a pressão dentro de sua cavidade nasal para produzir tal som. Mas de que maneira isso é feito? O estudo chegou à conclusão que para amplificar as partes das vocalizações com frequências comparativamente baixas, a baleia inflava uma parte de seu futuro de respiração normalmente usada para impedir com que a água entre em seus pulmões.

Para o presidente da Fundação Nacional de Mamíferos Marinhos e coordenador do estudo, Sam Ridgway, declarou ele que, “Nossas observações indicam que NOC tinha de modificar sua mecânica vocal para fazer os sons parecidos ao da fala... sons que escutamos era claramente um exemplo de aprendizagem vocal pela baleia branca”, afirma Ridgway.

Mais sobre: baleia pesquisa fala
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo