Lua pode ter sido formada da Terra

Cientistas de Harvard apresentaram uma nova teoria sobre o surgimento da Lua. Assim, eles acreditam que o satélite já tenha feito parte da Terra e que acabou se separando após uma grande colisão com outro corpo

Lua pode ter sido formada da Terra

Cientistas de Harvard apresentaram uma  nova teoria sobre o surgimento da Lua. Assim, eles acreditam que o satélite já tenha feito parte da Terra e que acabou se separando após uma grande colisão com outro corpo.

Veja artigos e notícias sobre ciência

O trabalho foi publicado na última quarta-feira na revista "Science", na qual Sarah Stewart e Matija Cuk explicam o sentido da sua teoria. Os cientistas dizem que tal fenômeno explicaria o por que da composição  química muito semelhante entre Lua e Terra.

"Uma colisão com muita energia pode ter derretido o corpo causador do impacto, e a maioria do seu material pode ter permanecido na Terra", sugerem os cientistas no estudo.

A Terra costumava  girar muito mais rápido quando a Lua foi formada, e o dia durava no máximo  três horas. Assim, com a rotação muito veloz da Terra, um impacto muito forte poderia ter lançado material para formar o que hoje conhecemos como Lua.

A teoria das cientistas explica também que a Terra atingiu sua atual velocidade de rotação através da interação gravitacional entre a sua órbita em torno no Sol e também sobre a órbita da Lua em torno a Terra.

A cientista Sarah  Stewart é professora de ciências da Terra e planetárias em Harvard, e Matija Cuk é astrônomo e investigador do Instituto Seti, ao qual apoia pesquisas na busca de vida extraterrestre. 

Galaxy Z Fold 3: Opinião sincera!

Conteúdo relacionado

Samsung Galaxy Z Fold 3: Opinião sincera! - Review
Samsung

Samsung Galaxy Z Fold 3: Opinião sincera! - Review

É hora de comprar um dobrável? O Galaxy Z Fold 3 da Samsung está aí para apresentar o que há de mais moderno no segmento.

Domingo tem “Blue Moon”; será que a Lua vai ficar azul? Entenda o fenômeno
Ciência

Domingo tem “Blue Moon”; será que a Lua vai ficar azul? Entenda o fenômeno

Neste domingo, 22 de agosto, teremos um fenômeno conhecido como “Blue Moon”, mas a lua não vai ficar azul; entenda o motivo deste nome.

“Superlua de Sangue” acontece nesta quarta-feira; veja como observar
Ciência

“Superlua de Sangue” acontece nesta quarta-feira; veja como observar

Esta é a última e maior superlua de 2021; por conta da sombra da Terra projetada na Lua, o nosso satélite natural terá uma coloração avermelhada, motivo suficiente para ser chamada de “Lua de Sangue”. Confira!