Fábrica da Motorola no Brasil irá demitir 220 funcionários

Já havíamos anunciado anteriormente que o Google pretende demitir funcionários ligados a Motorola, pois bem, o que não sabíamos era quais lugares sofreriam baixas

Por | @RafaelaPozzebon Carreira em TI

Já havíamos anunciado anteriormente que o Google pretende  demitir funcionários ligados a Motorola, pois bem, o que não sabíamos era quais lugares sofreriam baixas. No Brasil, 220 funcionários da Motorola Mobility, da fábrica de Jaguariúna, em SP, serão dispensados.

A demissão dos funcionários da fábrica no Brasil foi confirmada  pelo sindicado dos Metalúrgicos de Jaguariúna e Região (SindMetal). Assim, 8% dos funcionários irão perder os seus cargos.  Os cortes, de acordo com o sindicato, serão nas áreas administrativa e engenharia, como também de supervisores das áreas de produção.

“Hoje (quinta-feira) não recebemos notícias de dispensas ainda. Mas sabemos que haverá o corte e estamos na expectativa, porque ninguém sabe quem vai para a rua”, afirmou Cesar Cardoso, funcionário da Motorola em Jaguariúna, na fábrica trabalham 2,6 mil pessoas.

O objetivo do Google, com o corte de trabalhadores, é diminuir custos para que a Motorola consiga se reestabelece no mercado, hoje liderado pela Apple e Samsung.

Mais sobre: Google, Brasil, Motorola
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.