Pee-Power: é o método para carregar seu celular usando urina

Haja xixi! Nova técnica pretende permitir que urina recarregue baterias de celulares.

Por Ciência Pular para comentários

No geral, os celulares precisam ser recarregados quase que diariamente, o que nem sempre é bem visto pelos usuários, já que ficar sem bateria não é nada bom. Pensando nisso, pesquisadores querem usar umas das tarefas mais comuns do dia-a-dia para contribuir com o carregamento da bateria do celular.

Pesquisadores do laboratório de Robótica de Bristol desenvolveram um método para transformar a urina em energia elétrica. "Nossa proposta é usar a urina, um dejeto, para gerar eletricidade. Não estamos dependendo da natureza errática do vento ou do sol: se existe um produto cuja oferta é sem fim, esse produto é a urina", disse Ioannis Ieropoulos, coordenador do projeto.

Projeto transforma urina em energia elétricaProjeto transforma urina em energia elétrica

Chamado de Pee-power, o sistema conta com células de combustível revestidas de pequenos organismos que processam os dejetos e assim geram eletricidade no processo. Deste modo, é possível carregar a bateria de um smartphone através da técnica. Através de testes realizados, foi possível obter 40 miliwatts de energia com dois litros de urina, infelizmente, bem menos que do que os 5 watts de um carregador comum.

As bactérias, até então, conseguem gerar energia para pequenas atividades, como enviar mensagens SMS, bem como usar a internet ou mesmo realizar uma ligação curta. "Ainda precisamos refinar o processo para carregar completamente uma bateria", disse Leropolus.

O projeto é considerado bastante ecológico, inclusive, foi selecionado pela fundação Bill e Melinda Gates.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(14,59%)
10(58,94%)
15(11,26%)
20(7,42%)
26(7,79%)