WannaCry volta a atacar. Veja o que causou de problemas nesta semana

WannaCry ficou famoso em maio ao atacar computadores de várias instituições.

Por | @oficinadanet Segurança digital

O WannaCry causou um grande problema no mundo todo há pouco tempo. Porém, para quem pensou que ele havia desaparecido por completo, está enganado. De acordo com o CNET, câmeras que funcionam como radares de Victoria, na Austrália, acabaram sendo sequestradas pelo malware.

A polícia australiana, através de comunicado disse que o vírus não comprometeu nenhum sistema de câmeras, porém, disse que irá averiguar o caso com bastante atenção.  "Examinaremos todos os incidentes detectados pelas câmeras durante esse tempo. A integridade do sistema não foi afetada", declara.

Ataque fez novas vítimasAtaque fez novas vítimasO ransomware, nesta semana, afetou uma fábrica da Honda em Sayama, no Japão, fazendo com que a fabricante de automóveis interrompesse as suas operações. A empresa disse que a suspensão aconteceu na segunda-feira, quando o arquivo nocivo chegou aos sistemas da fábrica.

No sábado, a montadora descobriu que havia sido infectada também na América do Norte, Europa, China, Japão e outras regiões. A infecção aconteceu mesmo após a empresa garantir que os seus sistemas estavam atualizados com os pacotes de segurança que a Microsoft liberou após a disseminação do vírus.

Para relembrar, em 12 de maio o WannaCry provocou um grande alvoroço no mundo inteiro, deixando em 24 horas, mais de 200 mil computadores infectados, distribuídos em 150 países. Os alvos iam de hospitais a agências governamentais. O ransomware sequestrava os dispositivos, criptografava os arquivos e após solicitava o resgate em bitcoins.

Mais sobre: ataqueransomware wannacry malware
Share Tweet
  • Quer receber novidades sobre Ataque Ransomware?

    Preencha o formulário abaixo para se cadastrar:

  • Preencha para confirmar

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo