Britney Spears foi alvo no Instagram do grupo russo de hackers

Antivírus Eset identificou em um dos seus relatórios que o grupo russo de hackers, Turla, estaria tentando invadir servidores através de posts de celebridades no Instagram.

Por Segurança digital Pular para comentários
 Britney Spears foi alvo no Instagram do grupo russo de hackers

Um grupo russo de hackers chamado (Turla) atraiu as atenções mais uma vez, o mesmo grupo que usou satélites para garantir o anonimato online desta vez tentou invadir servidores através de posts de celebridades no Instagram.

Segundo relatório apresentado pelo provedor de antivírus Eset, o grupo estaria utilizando um trojan para postar comentários com elogios no perfil de celebridades, como por exemplo, a Britney Spears.

A mensagem não apresentava tamanha estranheza para ser considerada um malware "make loved to her, uupss", "tornar-se amada por ela, uupss" como podemos ver na mensagem abaixo, apenas um elogio a cantora como qualquer outro.

 

Instagram Britney Spears, URL disfarçada
Instagram Britney Spears, URL disfarçada

 

O malware estava disfarçado como uma extensão do Firefox, através de um site de uma companhia de segurança da Suiça, a qual não foi revelada.

Os hackers conseguiram com a ajuda de um software identificar a mensagem certa através de um cálculo inteligente de criptografia contendo o link exato para conexão com o computador infectado.

A equipe do Firefox já está trabalhando para fazer com que a extensão criada pelos hackers deixe de funcionar.

Leia também: Como saber se o seu smartphone foi hackeado. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários