Robô do Google vence campeão de jogo chinês por meio ponto de diferença

AlphaGo, inteligência artificial da Google foi capaz de derrotar o melhor jogador de Go do mundo.

Por | @fsbeling Tecnologia

Segundo o The Verge, a tecnologia foi desenvolvida pela DeepMind, que pertence a Alphabet, empresa dona da Google. O robô com inteligência artificial, chamado de AlphaGo, conseguiu vencer o experiente Ke Jie, com mais de 19 anos jogando Go.

Para quem não conhece e nunca ouviu falar do jogo, é um pequeno torneio composto de três partidas que acontece na China, onde ambos os jogadores dispõem de três horas cada um para pensar as suas jogadas, e nos primeiros lances do jogo AlphaGo joga com maior rapidez, já que após os primeiros 15 movimentos Jie consumiu mais de 40 minutos do seu relógio, contra apenas 13 da inteligência artificial do Google. Jie é considerado um prodígio no Go, o primeiro colocado no ranking do jogo, após ter conseguido vencer inúmeras vezes o sul-coreano Lee Se-dol, atual segundo lugar.

Ke JieKe Jie

O AlphaGo venceu Jie por meio ponto de diferença, o que é considerado o mínimo possível dentro do jogo. 

A próxima partida será nesta quinta-feira, 25 de maio. Já na sexta-feira o robô passará por duas partidas com objetivo de provar suas habilidades, em uma, estará atuando como parceiro de dois humanos que competem entre si e na outra estará competindo sozinho contra cinco jogadores ao mesmo tempo.

A partida final acontece no sábado (27), todas elas acontecem durante o Future of Go Summit, evento que é realizado pelo Google em Wuzhen.

Como Go exige muita intuição, a inteligência artificial do robô tem chamado atenção, pois até hoje as máquinas foram capazes somente de vencer humanos em jogos como xadrez e dama, que na sua composição são baseados por possibilidades e não intuição.

O AlphaGo já conseguiu no Go, um jogo com mais de 2,5 mil anos de idade, desenvolver novos movimentos que, na opinião de Demis Hassabis, chefe da equipe Google DeepMind, "desafiam milênios de sabedoria tradicional" e ainda pode continuar crescendo.

Mais sobre: AlphaGo Google China
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo