Compra do WhatsApp gera multa de R$ 384 milhões ao Facebook

Facebook colaborou com as investigações, por essa razão, o valor da multa foi mais acessível.

Por | @RafaelaPozzebon Facebook

O Facebook recebeu uma multa de 122 milhões de euros (mais de R$ 384 milhões) porque a companhia forneceu informações enganosas quando solicitou a aprovação pela compra do WhatsApp em 2014. A multa foi aplicada pela Comissão Europeia.

O Facebook, na época da compra, garantiu que não tinha como ligar os usuários do WhatsApp com os da rede social, porém, acabou fazendo isso dois anos após a compra, revelando que havia sim uma possibilidade. "A equipe do Facebook estava ciente de tal possibilidade", declarou o órgão europeu.

Tal punição não influencia na reversão da aprovação da compra, bem como não possui qualquer ligação com as investigações relacionadas à proteção dos dados dos usuários.

A multa também poderia ter sido maior, levando em consideração o amparo legal para que a comissão exigisse 1% do volume de negócios do Facebook. O valor, neste caso, poderia atingir R$ 865,8 milhões, baseados nos resultados da empresa em 2016.

Isso somente não aconteceu porque o Facebook cooperou com os procedimentos e reconheceu a infração.

Mais sobre: facebook, whatsapp, aplicativo
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.