Conheça o material criado pelo MIT 10 vezes mais resistente que o aço

O material criado por pesquisadores do MIT combina grafeno e formas geométricas para criar uma peça 10 vezes mais resistente que o aço

Por | @nmuller99 Ciência

Cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts desenvolveram um dos mais resistentes materiais conhecidos. A peça foi criada pela compressão e fusão de pedaços de grafeno, leia o artigo completo sobre. Devido a forma bidimensional que o grafeno se configura, é difícil de utilizá-lo na produção de objetos. A nova técnica desenvolvida pelo MIT permite que seja usado o grafeno em forma tridimensional, o que reforça ainda mais a resistência do composto.

A equipe de cientistas fundiu em impressora 3D, pequenos pedaços de grafeno na estrutura geométrica em forma de malha, a descoberta manteve o objeto forte e também poroso. A conclusão desta fusão de grafeno em um objeto poroso mostrou que ele é ainda mais forte que o próprio grafeno. Não bastasse isso, foi possível constatar também no estudo, que o novo material criado usa apenas 5% da densidade do aço, mas 10 vezes mais forte.

Conheça o material criado pelo MIT 10 vezes mais resistente que o aço“Você pode substituir o material em si por qualquer outro”, diz em comunicado o chefe de departamento de engenharia civil e ambiental, Markus Buehler. Ainda completa: “A geometria é o fator dominante. É algo que tem potencial para transformar muitas coisas.”

Por ter apenas 5% da densidade do aço, o material é muito mais leve, o que proporciona aos cientistas estudarem o uso deste onde o aço não era possível. A expectativa é que se possa utilizar este material na criação de aviões, grandes construções e carros. Com as formas geométricas combinadas com um poderoso e resistente material, há a possibilidade de suportar muito mais pressão, resultando objetos e partes mais leves do que os equivalentes construídos com aço.

“Depois que criamos essas estruturas 3D, nós quisemos ver qual é o limite, qual o material mais forte que poderíamos produzir” disse Zhao Qin, coautor do estudo.

O grafeno quando descoberto, e você pode ler no artigo acima citado, é uma lâmina, muito parecido com o papel, e segundo Buehler, o que aconteceu com o grafeno, poderia acontecer com uma folha de papel, que tem pouca resistência e pode ser facilmente amassado, mas quando dobrado em determinados formatos, como enrolado em um tubo, sua força se torna substancialmente maior.

“É possível usar a forma geométrica que descobrimos com o grafeno ou com outros materiais, como polímeros e metais”, afirmou Buehler.

Veja o vídeo onde apresenta o material sendo comprimido em diferentes formas geométricas:

Mais sobre: grafeno MIT ciência
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter