Oficina da Net Logo

Conforme pesquisa, 43% dos brasileiros não possuem smartphone

A pesquisa mostrou ainda que a razão para que muitas pessoas não possuam ainda um smartphone é referente aos altos preços cobrados pelos aparelhos.

Por | @oficinadanet Smartphones Pular para comentários

De acordo com uma pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel, 43% dos brasileiros não possuem um smartphone. O levantamento é bastante importante para avaliar a inclusão digital no Brasil.

Brasileiros deixam de comprar smartphones devido ao alto valor.
Alguns brasileiros deixam de comprar smartphones devido ao alto valor. Outros dizem que nao necessitam de tantas funcionalidades. 

O número parece alto, porém, está em queda. A pesquisa revelou que 57% dos brasileiros possui ao menos um aparelho do tipo. Em 2015, menos da metade (49%) utilizava celulares com sistemas operacionais inteligentes e que possibilitavam acesso à internet. Leia em destaque: Samsung anuncia Galaxy S10 e S10 Plus a partir de $899.

Entre os entrevistados que possuem um telefone celular, seja um smartphone ou mesmo um feature phone, o resultado chegou a 94%, o que mostra um aumento de 18% nos últimos seis meses.

A pesquisa mostrou ainda que a razão para que muitas pessoas não possuam ainda um smartphone é referente aos altos preços cobrados pelos aparelhos. Além disso, alguns entrevistados disseram que não fazem questão dos recursos presentes nos smartphones.

"A posse (de smartphone) é muito mais alta nas classes mais altas", diz Danielle Rossi, gerente de contas da Kantar e responsável pela pesquisa. "Em contrapartida, vemos uma redução nos números de linhas fixas. Mesmo na classe D e E perdemos dez pontos percentuais em linha fixa desde 2009".

A pesquisa da Kantar se baseia em dados de 27 mil pessoas que representam um universo de 140 milhões de brasileiros.

"Os usuários novos buscam preço e facilidade de uso. Esses entrantes são em sua maioria os mais idosos, junto com a classe financeira mais baixa", ressaltou Rossi. "Isso é algo que a própria indústria podia trabalhar melhor. Ou seja, não só aplicativos para essa população, mas handsets".

Comentários
Carregar comentários
  • NEWSLETTER

    As novidades de tech no seu
    e-mail, inscreva-se grátis ;)