Vendas de iPhone desaceleram. Queda é de 15%

A desaceleração do mercado de smartphones é notada pela maioria das empresas.

Vendas de iPhone desaceleram. Queda é de 15%

A cada lançamento, milhares de usuários se aglomeram para adquirir um novo aparelho da Apple. Porém, de um tempo para cá, a situação das vendas já não é mais a mesma. Na terça-feira (26), a companhia anunciou que o terceiro trimestre fiscal da empresa em 2016 teve uma queda de 15% se comparado ao mesmo período do ano anterior.

O resultado não significa que a empresa não anda bem, já que ela teve 40,4 milhões de unidades vendidas, com receitas de US$ 24 bilhões. Porém, os números já foram realmente maiores. A desaceleração do mercado de smartphones é notada pela maioria das empresas. No entanto, no caso da Apple, caso o processo continue, poderá causar preocupação.

A empresa ainda fatura muito com a venda de seus produtos (US$ 42 bilhões no trimestre) e lucra bastante (US$ 7,8 bilhões no trimestre), porém, o iPhone é realmente o carro-chefe da empresa, nenhum outro produto é tão rentável quanto o smartphone. Assim, caso as vendas do aparelho entrem realmente em declínio, a companhia poderá enfrentar problemas futuramente.

No mesmo período do ano passado, o faturamento da empresa foi de US$ 49,6 bilhões, o que somou uma queda de 15% neste ano. Além disso, o lucro também teve queda, passou de US$ 10,7 bilhões para US$ 7,8 bilhões, ou seja, uma redução de 27,1%.

Mas não foram só as vendas de iPhones que influenciaram nesta queda. O tablet da empresa continua caindo, com vendas de apenas 10 milhões de unidades no trimestre, contra 10,9 milhões no ano anterior.

Como ponto positivo para a companhia, a divisão de serviços da Apple, que inclui iTunes, Apple Music e App Store, faturou US$ 6 bilhões e teve salto de 19% nas receitas em comparação com o ano passado.

O melhor celular intermediário para importar?

Conteúdo relacionado

MacBook Air M1 Review: O melhor notebook para trabalhar?
Notebooks

MacBook Air M1 Review: O melhor notebook para trabalhar?

Lançado no final de 2020, esse computador vem sendo muito falado ao longo dos últimos meses por trazer novos chips feitos pela própria Apple, que está dando adeus à Intel. Eu usei e conto tudo que descobri.

Xiaomi alcança percentual histórico em setembro; as 10 maiores fabricantes de celulares do Brasil
Celulares

Xiaomi alcança percentual histórico em setembro; as 10 maiores fabricantes de celulares do Brasil

Conhece o ditado popular “de grão em grão a galinha enche o papo”? A Xiaomi mostra exatamente o que é isso e, em setembro de 2021, registrou o seu maior percentual de vendas no Brasil. Confira!

Procon-SP notifica Apple e Samsung por causa de celulares sem carregador
Celulares

Procon-SP notifica Apple e Samsung por causa de celulares sem carregador

Anunciados recentemente no Brasil, os dobráveis Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3 da Samsung e a linha iPhone 13 da Apple chamaram a atenção do Procon-SP por estarem sendo vendidos sem carregador na caixa.