Vendas de iPhone desaceleram. Queda é de 15%

A desaceleração do mercado de smartphones é notada pela maioria das empresas.

Por | @oficinadanet Smartphones

A cada lançamento, milhares de usuários se aglomeram para adquirir um novo aparelho da Apple. Porém, de um tempo para cá, a situação das vendas já não é mais a mesma. Na terça-feira (26), a companhia anunciou que o terceiro trimestre fiscal da empresa em 2016 teve uma queda de 15% se comparado ao mesmo período do ano anterior.

Vendas de iPhone desaceleram. Queda é de 15%

Leia também:

O resultado não significa que a empresa não anda bem, já que ela teve 40,4 milhões de unidades vendidas, com receitas de US$ 24 bilhões. Porém, os números já foram realmente maiores. A desaceleração do mercado de smartphones é notada pela maioria das empresas. No entanto, no caso da Apple, caso o processo continue, poderá causar preocupação.

A empresa ainda fatura muito com a venda de seus produtos (US$ 42 bilhões no trimestre) e lucra bastante (US$ 7,8 bilhões no trimestre), porém, o iPhone é realmente o carro-chefe da empresa, nenhum outro produto é tão rentável quanto o smartphone. Assim, caso as vendas do aparelho entrem realmente em declínio, a companhia poderá enfrentar problemas futuramente.

No mesmo período do ano passado, o faturamento da empresa foi de US$ 49,6 bilhões, o que somou uma queda de 15% neste ano. Além disso, o lucro também teve queda, passou de US$ 10,7 bilhões para US$ 7,8 bilhões, ou seja, uma redução de 27,1%.

Mas não foram só as vendas de iPhones que influenciaram nesta queda. O tablet da empresa continua caindo, com vendas de apenas 10 milhões de unidades no trimestre, contra 10,9 milhões no ano anterior.

Como ponto positivo para a companhia, a divisão de serviços da Apple, que inclui iTunes, Apple Music e App Store, faturou US$ 6 bilhões e teve salto de 19% nas receitas em comparação com o ano passado.

Mais sobre: apple iphone vendas
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter