Hackers ameaçam tirar Pokémon do ar em 1º de agosto

Conforme um integrante do grupo, a ação deverá durar mais de 20 horas. “Basicamente um dia inteiro”.

Por | @oficinadanet Games

No último sábado, o Pokémon Go sofreu instabilidade. Um grupo hacker, que diz ser o responsável pela ação, prometeu, agora, um ataque ainda mais ao game em 1º de agosto.

Os integrantes do Poodlecorpm, na data, pretendem fazer com que uma rede de robôs contendo 600 mil dispositivos acesse o jogo ao mesmo tempo, fazendo com que os servidores sejam derrubados. De acordo com o próprio grupo, eles possuem acesso a vários tipos de aparelhos, como DVRs, roteadores, câmeras e também computadores.

Hackers ameaçam tirar Pokémon do ar em 1º de agosto
Será? Hackers prometem derrubar o game Pokémon Go em primeiro de agosto. O jogo está fazendo sucesso em vários locais do mundo, sendo que os gamers não poupam esforços para capturar os bichanos.

Leia também:

Conforme um integrante do grupo, a ação deverá durar mais de 20 horas. “Basicamente um dia inteiro”, disse um dos hackers. “Colocamos os servidores offline porque (o jogo) é popular neste momento e ninguém pode nos parar”, disse ainda. “Fazemos isso porque podemos (...) e gostamos de causar caos. Escolhemos 1°de agosto para ter tempo de relaxar”.

Ainda não está confirmado que foi o grupo que realmente tirou o Pokémon Go do ar no último sábado. O grupo classificou o ocorrido como “um pequeno teste”.

A desenvolvedora do game, a Niantic, está tendo trabalho para manter o jogo estável. Por essa razão, está sendo cautelosa quanto a distribuição. Brasil e Japão, por essa razão, ainda não receberam o jogo.

Mais sobre: pokemongo game hackers
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo