Internet via satélite chega ao Brasil em julho

De acordo com a Hughes, o seu principal serviço deverá custar em média 200 reais, com velocidade de conexão de 10 Mbps.

Por Internet Pular para comentários

Chegará ao Brasil uma nova opção de uso de internet. Trata-se de um serviço de banda larga via satélite da operadora Hughes. A empresa americana tem como objetivo levar internet veloz para locais no país que não são bem atendidos pelas demais operadoras. Em julho o serviço deverá desembarcar no Brasil.

"A ideia é promover o serviço em áreas que não são bem atendidas por outras operadoras. A Hughes já oferece esse serviço há mais de dez anos nos Estados Unidos. Não estamos fazendo testes, estamos trazendo o serviço que já oferecemos com sucesso no mercado americano" destacou Rafael Guimarães, presidente da Hughes no Brasil.

Internet via satélite chega ao Brasil em julho

De acordo com a Hughes, o seu principal serviço deverá custar em média 200 reais, com velocidade de conexão de 10 Mbps. A banda larga terá limite de franquia de dados. Assim, serão 20 GB por mês para navegação durante o dia e 40 GB para as noites. Por isso, os downloads mais pesados devem ser feitos no período da noite.

O usuário, caso exceda a sua franquia de dados, terá sua velocidade reduzida. Também será possível adquirir pacotes adicionais, que serão comercializados através de um aplicativo próprio da empresa.

Nos Estados Unidos, a empresa já possui 1,5 milhão de assinantes. No Brasil, a companhia planeja planos de expansão de três fases: No primeiro ano o serviço estará disponível para 82% do território nacional; em 2018 para 90%; e chegar a 100% em 2020.

"A Hughes já oferece esse serviço há mais de dez anos nos Estados Unidos. Não estamos fazendo testes, estamos trazendo o serviço que já oferecemos com sucesso no mercado americano", disse o presidente da empresa.

A Hughes foi reconhecida pela Federal Communications Comission, o órgão regulador de operadoras dos EUA, semelhante à Anatel, como uma empresa que entrega a velocidade contratada de modo correto aos seus clientes. 

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
O que é mais importante em um smartphone?
Bateria(26,63%)
Câmera(12,06%)
Performance(55,28%)
Aparência(1,01%)
Tela(5,03%)