Buracos negros levam a outro universo, afirma Stephen Hawking

Hawking disse que se o buraco fosse suficientemente grande e ainda estivesse girando, seria bem possível que tivesse uma passagem para um novo Universo.

Por | @oficinadanet Ciência

Já ouvimos falar várias coisas sobre os buracos negros no Universo. Porém, nenhum cientista foi tão enfático quanto Stephen Hawking. De acordo com ele, os viajantes espaciais que caírem em um desses buracos podem acabar parando em um outro Universo.

"Se cair em um buraco negro, não se renda", disse Hawking. "Há uma saída." A afirmação foi feita em uma palestra recente no KTH Royal Institute of Technology, em Estocolmo.

Hawking disse que se o buraco fosse suficientemente grande e ainda estivesse girando, seria bem possível que tivesse uma passagem para um novo Universo.

Buracos negros levam a outro universo, afirma Stephen Hawking

Leia também:

O cientista afirmou ainda que os objetos podem acabar armazenados sobre os limites de um buraco negro, uma região denominada horizonte dos ventos. No local, nenhuma partícula pode sair, incluindo a luz.

Hawking explicou que os humanos não iriam desparecer caso caíssem em um buraco negro, porém, iriam permanecer como um "holograma" na margem ou "cairiam em outro lugar".

“A ideia é que essas supertraduções são como hologramas das partículas que atravessaram [o buraco negro]. Dessa forma, elas contêm todas informações que de outra forma seriam perdidas”, disse o britânico.

Os buracos negros são fenômenos cósmicos que tem origem quando uma estrela colapsa. O que resta da sua matéria fica limitado a uma região pequena, que após acaba dando lugar para um imenso campo gravitacional. Inicialmente os cientistas pensavam que nada pudesse escapar, nem mesmo a luz.

“A mensagem desta palestra é que os buracos negros não são tão negros assim. Eles não são as prisões eternas na qual se pensava que fossem. As coisas tanto podem chegar do outro lado como, possivelmente, sair em outro universo. Então, se você cair num buraco negro, não desista. Há uma saída”, disse Hawking. Mesmo assim, Hawking destaca que, uma vez do outro lado, não seria possível voltar para o nosso universo e que, apesar de gostar de viagens espaciais, “não tentaria uma coisa dessas”.

Mais sobre: ciencia universo stephenhawking
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo