Software que ajuda Stephen Hawking a falar é aberto ao público

Stephen Hawking é portador de ELA (esclerose lateral amiotrófica), que o faz perder todos os movimentos ao longo do tempo.

Software que ajuda Stephen Hawking a falar é aberto ao público

Como sabemos, Stephen Hawking sofre de uma doença degenerativa que o impede de realizar praticamente todos os movimentos, inclusive, de conversar. Para amenizar o problema, um software foi desenvolvido para ele. Porém, agora, a ferramenta está sendo disponibilizada para qualquer pessoa pela Intel, que é a sua criadora, e o melhor de tudo, de forma totalmente gratuita.

O programa em questão é capaz de interpretar sinais visuais e ainda traduzir em palavras, que serão geradas através de uma voz sintética.

A Intel é a grande responsável por desenvolver o software, que a princípio, foi feito especialmente para Hawking. No entanto, outras pessoas também se beneficiaram com a ferramenta.

Stephen Hawking é portador de ELA (esclerose lateral amiotrófica), que o faz perder todos os movimentos ao longo do tempo. Agora, a companhia espera que o ACAT (Assistive Context-Aware Toolkit), que roda no Microsoft Windows 7 e versões superiores, possa receber aperfeiçoamento por pesquisadores que desenvolvem interfaces para pessoas que sofrem de doenças do gênero.

O programa, juntamente com o código-fonte completo foi publicado no site de compartilhamento de programação GitHub.

"A meta de tornar esse projeto open source é permitir que sejam criadas soluções com facilidade. Trabalhamos anos para isso. Nossa visão é fazer com que qualquer desenvolvedor ou pesquisador construa em cima disso, sem precisar reinventar a roda para tal", afirmou Lama Nachman, líder do programa.

De acordo com a Intel, o software pode executar ainda outras funções além de enviar textos para um sintetizador de fala.

"Temos menus para acessar diferentes partes do computador", disse Lama Nachman, engenheira-chefe. "Se você quer usar o Word, navegar na internet e falar você pode usar o ACAT para isso."

"Também temos um sensor [de movimento] chamado acelerômetro para pacientes que conseguem usar apenas o dedo, e um sistema de botão para quem consegue apertar botões", disse ela.

A Associação de Doenças do Neurônio Motor (MND Association) do Reino Unido elogiou a iniciativa da Intel.

"Ajudar a manter a comunicação de uma pessoa com esta doença pode ser simples como usar papel e caneta. Mas, à medida que a doença avança, as pessoas muitas vezes perdem o uso das mãos também", disse Karen Pearce, diretora de assistência da MND Association.

"É aí que a tecnologia de ponta AAC (Comunicação Ampliada e Alternativa, que auxilia pessoas com dificuldades) pode ajudar, mas é vital que terapeutas de discurso e linguagem avaliem as melhores opções para as famílias."

"Vai ser empolgante ver como vai funcionar essa abordagem de código aberto", diz.

Para baixar o software gratuitamente, clique aqui.

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021

Conteúdo relacionado

Lançamentos NETFLIX dessa semana (24/10 a 30/10)
Lançamentos Netflix 2021

Lançamentos NETFLIX dessa semana (24/10 a 30/10)

Novos filmes, novas séries e mais temporadas chegando no catálogo da Netflix. Confere os lançamentos dessa semana no streaming!

Cientistas desenvolvem software capaz de fazer robôs se adaptarem a danos
Ciência

Cientistas desenvolvem software capaz de fazer robôs se adaptarem a danos

Uma pesquisa publicada na revista Nature na edição desta semana, fala sobre o desenvolvimento de um software que permite robôs se adaptarem a danos em questão de minutos e assim prosseguirem com suas tarefas pré-determinadas.

Os riscos de não atualizar softwares
Segurança digital

Os riscos de não atualizar softwares

Rotineiramente, somos assolados por vulnerabilidades na internet, por isso, precisamos nos precaver das mais diversas formas para impedir que nossos dados sejam expostos na Rede Mundial. Existem diversos tipos de Malwares (vírus) que podem ocasionar muita dor de cabeça ao usuário de informática.