Baidu acusa PSafe de concorrência desleal

PSafe é acusada pela Baidu de notificar usuários sobre seus produtos. O antivírus, assim que instalado em um dispositivo móvel, sugere que as aplicações da Baidu são maliciosas, atentando para sua remoção.

Baidu acusa PSafe de concorrência desleal

Na última sexta-feira (14), a desenvolvedora Baidu denunciou a PSafe por prática de concorrência desleal à Justiça de São Paulo. A partir disso, a PSafe poderá ter que desembolsar multa de R$ 500 mil a Baidu e ainda remover o seu aplicativo de segurança da Google Play.

O caso teve início há duas semanas, quando a desenvolvedora do antivírus móvel PSafe Total começou a enviar mensagens de alerta contra um aplicativo da Baidu para sua base de usuários.

Conforme a Baidu, o antivírus para dispositivos móveis PSafe Total está enviando alertas para os clientes no momento em que o aplicativo DU Speed Booster é instalado. Assim, conforme perícia feita pela Baidu, mensagens que sugerem "ações possivelmente maliciosas" por parte do software da chinesa são mostrados sempre que a rival PSafe é instalada.

Deste modo, quando um serviço de um celular equipado com o PSafe Total é removido, aparece também a sugestão de remoção de aplicativos Baidu, como o DU Battery Saver e o Baidu Browser.

Vale notar que softwares de antivírus costumam pedir muitas permissões para qualquer sistema operacional em que sejam executados, já que a sua função principal é justamente rastrear vírus. Sendo assim, de certa forma, pode acontecer algum equívoco, que um aplicativo gere alertas contra outro. No entanto, a perícia realizada a pedido da Baidu diz que a alerta da PSafe é intencional, e que ainda é seguida por outras práticas desleais.

A ação movida pela Baidu exige que a PSafe remova os alertas falsos, as sugestões de desinstalação baseadas em falsas premissas e ainda se retrate junto a todos os usuários impactados pelas falsas informações. Além disso, a Baidu solicita indenização por perda e danos no valor de R$ 500 mil e que o aplicativo PSafe seja removido da loja Google Play.

Farsa descoberta

De acordo com a perícia conduzida pelo pesquisador Paulo Lício de Geus, professor associado da Unicamp e doutor em Ciências da Computação pela Universidade de Manchester, a PSafe agiu de má fé. Para comprovar o ato, a perícia criou um aplicativo vazio chamado "Dummy Browser", que virtualmente não conta com um código, porém deixou nele o registro que se tratava de um software da Baidu. Assim, ao instalá-lo em um dispositivo com o PSafe Total, o app logo notificou o usuário de que aquela aplicação era considerada "perigosa". Porém, isso não é verdade, já que o aplicativo em questão não conta com funções e foi desenvolvido apenas para testar a honestidade da PSafe.

5 Fones Bluetooth, qual comprar?

Conteúdo relacionado

Sem internet? Experimente 10 ótimos jogos offline para Android em 2021
Aplicativos

Sem internet? Experimente 10 ótimos jogos offline para Android em 2021

Nada pior do que estar entediado e sem acesso à internet. Mas relaxa, pensando em tornar seu momento desconectado mais divertido, separamos 10 jogos offline para Android.

Baidu entra na corrida do desenvolvimento de carros autônomos
Tecnologia

Baidu entra na corrida do desenvolvimento de carros autônomos

A corrida por carros autônomos parece que ganhou mais uma empresa adepta à ideia; estou falando da empresa que possui o terceiro maior serviço de pesquisas do mundo, a companhia chinesa Baidu.

Baidu lança serviço de atendimento no Brasil
Segurança digital

Baidu lança serviço de atendimento no Brasil

Veja como desinstalar produtos Baidu do seu computador.