Spotify pode limitar ainda mais conteúdo gratuito

Atenção usuários gratuitos do Spotify! As regalias podem estar perto do fim. Fontes dizem que o serviço de streaming irá limitar o acesso a músicas grátis e até o tempo de permanência na ferramenta.

Por | @oficinadanet Tecnologia

De acordo com o site Digital Music News, o Spotify deve começar a limitar o acesso a vários conteúdos para usuários não assinantes do serviço. Atualmente, os usuários que não pagam pelo uso da ferramenta contam com acesso completo de 30 milhões de músicas do Spotify. De acordo com as fontes do site, as mudanças devem acontecer no início do próximo ano.

No entanto, o acesso poderá acabar, e usuários não pagantes poderão perder o direito de acesso a álbuns recém-lançados e de artistas famosos. Além disso, esse grupo de usuários pode ter o acesso com tempo marcado, ou seja, não poderiam escutar o tempo de desejassem de um determinado álbum.

"Eles querem que as pessoas que não pagam sintam que estão perdendo alguma coisa, não somente que são forçadas a ouvir anúncios", disse uma fonte ao Digital Music News.

Spotify pode limitar ainda mais conteúdo gratuito

Leia também:

Os contratos de licença com as três maiores gravadores, a Warner Bros, Universal e Sony, estão prestes a acabar. Sendo assim, para que o catálogo ofertado continue o mesmo, talvez o Spotify tenha que aceitar algumas condições das gravadoras na renovação de contrato.

O Spotify não costuma se manifestar sobre sua atual condição, porém, fontes dizem que a empresa está sendo pressionada pela indústria fonográfica.

O serviço de streaming conta atualmente com 75 milhões de usuários, destes, 20 milhões são clientes pagantes. Com a nova atitude do Spotify, a empresa poderá chamar mais clientes para as contas premium.

Vale notar que ainda neste ano surgiram especulações sobre o fim das contas gratuitas no Spotify. Porém, a própria empresa desmentiu o boato. E dessa vez, será mesmo verdadeira a informação? A resposta deverá chegar em breve! 

Mais sobre: spotify streaming musica
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo