Facebook pagará por vídeos publicados em sua rede social

Interessado em ampliar os horizontes da rede social mais famosa do mundo, Mark Zuckerberg anunciou durante esta semana que o Facebook irá remunerar os produtores de conteúdos publicados na rede social.

Por | @oficinadanet Redes sociais

Segundo informações do próprio Facebook, a receita gerada pelo vídeo será dividida entre as partes, sendo que 55% do valor arrecadado ficarão com o criador do vídeo e 45% com a rede social. Entretanto é bom salientar que não serão os vídeos publicados em "Feed de Notícias" e sim em um novo "feed" criado pela rede. Portanto, para você lucrar com vídeos publicados no Facebook, você terá de ter seu vídeo sugerido por outro usuário; ele precisa aparecer na opção "vídeos sugeridos ou suggested vídeos". Quando um usuário do Facebook clicar em um vídeo em seu Feed de Notícias, ele será automaticamente redirecionado ao novo feed para visualizar o vídeo e poderá ainda assistir a outras opões de mesmo tópico.

Facebook pagará por vídeos publicados em sua rede social

Em nota publicada no site especializado "Re/Code", a vice-presidente de parcerias do Facebook, Dan Rose, declarou o seguinte: "Muitos de nossos parceiros nos disseram que esta nova ideia criada por nossa rede social, será um grande "motivador" para os usuários começarem a publicar muito mais vídeos no Facebook e é exatamente isso que estamos querendo... nesses vídeos sugeridos, iremos fazer um teste de conversão de moeda, iremos mostrar publicidades e dividir os lucros com as empresas e com os criadores dos vídeos".

Os vídeos sugeridos, serão os mesmos que os usuários estão acostumados a assistir no Facebook, mas a partir de agora, eles terão de ser recomendados para poder gerar lucro a seus criadores, sendo que esses terão que recomendar outros vídeos de outros criadores para que esses também possam entrar na lista. O Facebook informou que testes já estão sendo realizados através da rede social "móvel". Dan Rose declarou ainda que a empresa está estudando a forma de como será feita a cobrança dos anunciantes, de momento nenhum valor será cobrado aos parceiros que queiram fazer propaganda no novo recurso. Vale ressaltar que por enquanto apenas alguns criadores poderão se utilizar da nova ferramenta da rede social em questão.

Para poder ter acesso e assim participar desta nova iniciativa da rede, a empresa deverá ser parceira oficial do Facebook. A iniciativa deve entrar em funcionamento a partir das próximas semanas, sendo ela disponibilizada de momento apenas para o sistema operacional iOS, não tendo previsão de chegada para a web e para o Android.

Mais sobre: Facebook Redessociais Gerenciamento
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo