Medicina e Aplicativos: um grande aliado ao seu desempenho

"O conhecimento médico atual é extremamente vasto e é humanamente impossível que tenhamos tudo em nossas mentes. Assim, aplicativos são fortes aliados do médico ou do estudante de medicina." (João Roberto Wiese Júnior, estudante de medicina da UFSC).

Por | @oficinadanet Smartphones

Quem sonha em estudar medicina já sabe o quanto terá que se esforçar. Primeiramente para passar no vestibular, já que há anos o curso de medicina é o mais concorrido no Brasil, tendo uma média de 80 candidatos concorrendo para cada vaga nas universidades. Para ter uma ideia da crescente concorrência a cada ano, em 2015 de acordo com o MEC, o curso de medicina obteve a média de 120 candidatos/vaga para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) que oferece vagas para 55 universidades públicas de ensino superior.

Mas passar no vestibular será apenas o primeiro desafio do curso. Durante o seis anos necessários para se tornar graduado em medicina, o aluno terá que provar a aptidão estudando detalhadamente cada uma das áreas da medicina, que dependem de muitas horas de dedicação, uma vida social muito mais limitada, pilhas de livros, milhares de novos nomes e conceitos que não poderão ser esquecidos e também a necessidade de estar sempre revisando assuntos além de aprender os novos.

É nessa hora que a tecnologia mais uma vez surge para ajudar, através dos aplicativos de medicina que tornam o conteúdo mais acessível aos alunos durante o tempo e o período que precisarem.

Dicas de aplicativos

Medscape

Aplicativo super completo que integra informações detalhadas de doenças como também de medicamentos disponível em língua inglesa.

Medicina e Aplicativos: um grande aliado ao seu desempenho

De acordo com o estudante da 6ª fase de Medicina da UFSC, João Roberto Wiese Júnior:

"O Medscape é, sem dúvida, o aplicativo que mais uso para consultas rápidas. Ele é excelente! Se tenho alguma dúvida sobre alguma doença, pesquiso em seu database e ele me dá as informações que preciso. Além de fazer um panorama rápido sobre doença e as coisas mais importantes para saber (o que o app chama de "Practice Essentials"), ele também descreve detalhadamente a condição, os testes diagnósticos, tratamentos e manejo da doença – não perde em nada para um capítulo de livro! Não bastasse isso, o Medscape também é excelente para consulta de medicamentos, já que descreve as condições em que a droga é utilizada, as doses, regime de tratamento e mecanismo de ação.

Também fornece uma "calculadora de interação medicamentosa", que é muito útil, pois é comum um paciente tomar vários medicamentos, especialmente os idosos. A cereja do bolo é o "Feature", que é o "Pill Identifier", que permite ao médico saber qual medicamento é "aquele rosinha redondo" cujo nome o paciente não lembra. Você pode fazer o download do database do app no seu celular para poder acessar sem internet".

O bom é que o aplicativo é gratuito e pode ser baixado nos sistemas iOS, Android e Windows Phone.

CID-10 Pro

A Classificação Internacional de Doenças (CID 10) consiste em uma lista de códigos de padronização da Organização Mundial de Saúde (OMS) de doenças e problemas de saúde onde cada estado recebe uma categoria exclusiva correspondendo a um do código CID 10.

Com o CID-10 Pro é possível fazer uma rápida busca de qualquer doença e seu respectivo código, evitando assim, a perda de tempo com grandes pesquisas.

Medicina e Aplicativos: um grande aliado ao seu desempenho

O aplicativo é gratuito e disponível para iOS, Android e Windows Phone.

Qx Calculate

Há diversos tipos de "scores" usados para a classificação dos mais variados tipos de doenças. Para o cálculo desses "scores", normalmente é necessária uma série de variáveis que dificultam que o cálculo seja feito mentalmente.

O aplicativo Qx Calculate ajuda na realização desses cálculos e pode ser baixado em iOS e Android de graça.

Medicina e Aplicativos: um grande aliado ao seu desempenho

Genéricos BR

Este aplicativo é destinado tanto a médicos como também ao público geral que faz uso de medicamentos, auxiliando sobre seus respectivos nomes genéricos e também passando informações encontradas nas bulas.

Medicina e Aplicativos: um grande aliado ao seu desempenho

Pode ser encontrado de graça para o sistema iOS, porém há aplicativos com ideias semelhantes para outros sistemas.

Figure1

Este aplicativo é muito interessante tanto para quem está começando a aprender como também para quem atua na área que quer acompanhar os mais diferentes casos de doenças com pessoas ao redor do mundo, já que ele atua como uma "rede social" de compartilhamento de diversos casos que estão abertos às discussões entre os usuários.

O bom é que o aplicativo possui uma regra de segurança que deve ser seguida. Por exemplo, ao enviar uma foto deve-se haver uma assinatura de liberação do paciente e somente médicos e enfermeiros podem estar mandando conteúdo e fazendo comentários. Antes de qualquer postagem, são checados os certificados e diplomas para conferir que as imagens vêm de alguém que está atuando na área da medicina.

Medicina e Aplicativos: um grande aliado ao seu desempenho

É uma boa forma de interação além de ao mesmo tempo estar por dentro de uma grande variedade de situações da medicina.

O aplicativo é gratuito para Android e iOS.


Além desses, há diversos outros aplicativos que podem ser usados em diferentes áreas da medicina, ajudando tanto o aluno na hora dos estudos e também facilitando o acesso às informações por serem aplicativos gratuitos, além de garantir que uma pesquisa seja feita de forma bem mais rápida do que em livros, por exemplo.

Também ajudam os médicos que já exercem a profissão, que em alguns casos onde há necessidade de relembrar algum conceito, um aplicativo para consulta será uma opção bem mais prática que um livro.

Leia também:

Vale lembrar que estes aplicativos servem como um complemento e não substituição de nenhuma função.

Se você é um usuário que não estuda nem atua na área, mas ficou com interesse em pesquisar sobre sintomas e medicamentos, lembre-se que o programa não fará o papel do médico nestes casos. Deve-se sempre consultá-los para a confirmação do diagnóstico e dos medicamentos prescritos para o tratamento.

Mas se você é estudante de medicina ou já trabalha na área, lembre-se também não ficar totalmente dependente destes recursos e tê-los principalmente como uma forma de ajuda nas horas em que realmente necessitar. Não há dúvidas de que estes e outros aplicativos irão fazer uma super diferença na sua rotina de estudos e profissão. Mais uma prova da grande relação de ajuda entre medicina e tecnologia.

Mais sobre: apps, aplicativos, medicina
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.