Um IP-box simples pode invadir iPhones

O aparelhos de pouco mais de 100 euros é capaz de invadir até iPhones mais recentes como o iPhone 6.

Por | @RafaelaPozzebon Smartphones

Os aparelhos da Apple sempre foram considerados os mais seguros do setor, justamente pelo seu sistema altamente preciso. O sensor de impressão digital no iPhone, por exemplo, foi incorporado com o propósito de aumentar ainda mais a segurança do aparelho, já que somente o dono poderia desbloquear o aparelho. No entanto, o que sempre pareceu altamente seguro, pode ser que não seja tanto assim. De acordo com o Internacional Business Times, qualquer pessoa pode adquirir um hardware de especialistas por cerca de 120 euros e invadir um iPhone, incluindo os modelos mais novos.

O dispositivo mais utilizado para invadir um aparelho Apple é o IP-BOX. A função do aparelhinho é forçar os códigos de acesso do iPhone de forma repetida, adivinhando a senha até encontrar a certa. A invasão pode também acontecer em aparelhos em que os usuários usam o Touch ID como "senha", já que o iPhone, nestes casos, também pode ser desbloqueado por uma senha de dígitos comuns.

Leia também:

O iPhone foi desenvolvido para se defender desse tipo de ataque, uma vez que o software limita o número de tentativas de adivinhar a senha, e também deleta o conteúdo após 10 tentativas de falha, porém, com o IP-BOX é possível alcançar as limitações do software ao conseguir conectar direto com o hardware do celular. O funcionamento do mecanismo se da seguinte forma, ao errar uma senha, o dispositivo desligar o celular rapidamente para que tal erro não seja contabilizado. Cada tentativa leva aproximadamente 40 segundos, com isso, para descobrir uma senha de até 4 dígitos é possível levar até 111 horas. Vale notar que a empresa anuncia o feito "entre 6 segundos e 17 horas".

Porém, o funcionamento do IP-BOX não é perfeito, ou seja, se o iPhone for protegido por senha de mais de quatro números, ele não conseguirá forçar o código.

O software explora uma vulnerabilidade da Apple, que recebeu uma atualização de segurança no ano passado através da chegada do iOS 8.1.1. No entanto, ainda milhões de smartphones estão vulneráveis ao ataque, contando que alguns modelos de iPhone não podem receber a atualização, ou mesmo que usuários preferiram não adotar o novo iOS.

Veja abaixo o funcionamento do aparelho:

Mais sobre: iphone, senha, seguro
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.