Oficina da Net Logo

RoomAlive da Microsoft transforma ambiente da casa em uma arena de jogos

A segunda edição do projeto IllumiRoom, agora denominado de RoomAlive, promete transforma um quarto ou uma sala em uma arena de jogos.

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

Apresentado no ano passado como um projeto apenas, a RoomAlive da Microsoft parece que em 2014 ganhou forças em uma “nova versão”; anteriormente denominado de IllumiRoom, o RoomAlive transforma ambientes como a sala ou o quarto, em uma arena de jogos.

Como assim? Simples, mesmo com uma nova tecnologia empregada nesta segunda geração a ideia continua sendo a mesma, unir o Kinect a projetores, mas a grande diferença desta nova fase é que a partir de agora os equipamentos conseguem mapear o ambiente com mais precisão, detectando as dimensões e os objetos do local onde se encontra, desta forma são possíveis transformá-lo em uma área total de jogo.  A nova tecnologia da Microsoft possui quatro formas de jogos diferentes, onde a partir da união dos equipamentos é possível recriar as animações e assim os jogadores podem por exemplo, tocar na parede para golpear um inimigo no game que surgiu naquele local.

O mais interessante é que não precisa retirar nenhum móvel da peça onde o equipamento está instalado, pois o mesmo consegue exibir imagens de acordo com as dimensões destes itens, sem distorções ou quaisquer outros problemas que podem interferir nas projeções. Leia em destaque: Como usar a tecnologia para diminuir a ansiedade?.

RoomAlive da Microsoft transforma ambiente da casa em uma arena de jogos

O RoomAlive é mais realista que a antiga versão, pois o gamer não está apenas na frente do jogo com a projeção ao fundo, a partir de agora o mesmo está dentro dele, estando assim no controle total da ação. Mas infelizmente segundo a própria equipe da Microsoft Research, como aconteceu com o IllumiRoom, acontecerá com o RoomAlive, ou seja, o projeto não passará de um conceito, pelo menos porem quanto.

Até da pra entender porque o projeto não passa apenas de um conceito, pois os usuários precisariam de vários projetores e do próprio Kinect, tornando-se inviável financeiramente. Mas há um alento em tudo isso, com vários estudos em cima deste projeto, um dia não muito distantes, quem sabe o RoomAlive possa se tornar realidade!

MAIS SOBRE: #IllumiRoom  #RoomAlive  #Kinect  #Microsoft
Comentários
Carregar comentários