Fire Phone não agrada analistas

Fire Phone, o smartphone da Amazon que chega amanhã as lojas dos EUA não consegue impressionar analistas; para eles o aparelho perde muito com seu preço alto e com um hardware ultrapassado.

Por | @oficinadanet Smartphones

Segundo analistas, o smartphone Fire da Amazon.com, que vem equipado com recursos 3D e scanner de objetos, parece não ser tão atrativo para usuários como do iPhone, da Apple e o Galaxy S5, da Samsung, ambos com valores de mercado similares.

O primeiro smartphone produzido pela Amazon ainda possui o recurso de perspectiva dinâmica, com quatro câmeras que rastreiam o rosto de um usuário e simulam efeito 3D na tela.

Fire Phone não agrada analistas

O Fire começará a ser vendido a partir de amanhã, sexta-feira (25), nos Estados Unidos. Para Geoffrey Fowler, do Wall Street, o Fire não consegue convencer o cliente a comprá-lo, pois o mesmo não possui uma bateria com longa durabilidade e a disponibilidade de aplicativos populares, bem como o Google Maps e o YouTube.

Mas o que vem realmente incomodando é o seu preço; com um hardware ultrapassado, os US$ 649 cobrados no modelo de 32GB assusta. Já para David Pierce, do site The Verge, o sucesso do Fire dependerá muito dos seus recursos, onde ele declara dizendo que, “O sucesso e o potencial do Fire Phone dependem do Firefly e do Perspectiva Dinâmica, recursos que parecem ser bem legais, mas que dependem de desenvolvedores descobrirem maneiras melhores de usá-las. Por enquanto só resolveram um problema que ninguém tem”.

Não há novidades sobre a chegada do Fire Phone no Brasil. Será que temos alguém esperando por ele?

Mais sobre: Amazon, Fire Phone, Amazon
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários