Cientistas desenvolvem Internet super veloz para a Lua

Transmissão de dados entre a Lua e a Terra será bem mais veloz.

Por | @oficinadanet Ciência

Os cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, juntamente com os engenheiros da Agência Espacial Americana (NASA), estão desenvolvendo uma tecnologia baseada na comunicação a laser, que permite a transferência de dados e vídeo de alta definição da Terra à Lua.

O experimento foi testado, durante 30 dias, em outubro do ano passado, no sistema Lunar Laser Communication Demonstration (LLCD), e assim, é capaz de fornecer comunicações de alta velocidade entre os astronautas e estações da Terra.

Os pesquisadores contam com quatro telescópios no deserto do Novo México, nos Estados Unidos, cada um com apenas seis centímetros de diâmetro, prontos para prover a um satélite em órbita na Lua com acesso super veloz.

Leia também:

De acordo com informações do MIT, o experimento deu certo, ou seja, transmitiu dados para a Terra a 622Mbps (bits por segundo) e, no outro sentido, em 19.44Mbps.

A Nasa ainda espera que lasers possam deixar a comunicação com as missões no espaço ainda mais velozes, que usam rádio para falar com a Terra. Além disso, o uso de equipamentos com lasers é mais leve do que a de rádios.

Os equipamentos em questão criam uma ligação terrestre a laser. Conforme os pesquisadores, é possível que a tecnologia chegue até Marte, algum dia. Os pesquisadores darão detalhes sobre o sistema e seu desempenho em junho, durante uma Conferência da entidade científica The Optical Society.

Mais sobre: ciencia lua terra
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo