EUA quer recuperar confiança de internauta

Hoje, durante a abertura da conferência internacional NETMundial, os Estados Unidos defenderam a recuperação da confiança do usuário de internet, depois do escândalo de espionagem envolvendo o país, reveladas por Edward Snowden.

Por | @nmuller99 Segurança digital

 Quem fez o discurso foi Michael Daniel, assistente especial da presidência e coordenação de cibersegurança dos Estados Unidos, para autoridades de cerca de 85 países.

"Acreditamos que temos que recuperar a confiança do usuário de internet prejudicado por revelações não autorizadas", apontou Daniel. Durante o evento as delegações dos países buscarão convergir em diversos pontos para redefinir a regulação de internet e o rumo da rede. Veja mais notícias sobre a NSA.

Entenda o caso:

De acordo com um slide de apresentação vazado por Edward Snowden e publicado pela Agência de notícias holandesa NRC, a NSA foi responsável por contaminar 50 mil redes de computadores no mundo, incluindo no Brasil. A NSA usou um programa malicioso, que foi inserido em computadores para poder roubar informações, mostrou o noticiário. No slide é possível ver através de pontos no mapa os locais afetados.

EUA quer recuperar confiança de internauta

Leia também:

Esse malwares agem como "células adormecidas que podem ser ativadas com um simples apertar de um botão", disse o jornal holandês. No Brasil, as marcações aparecem nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Porém, pode ser que os locais marcados no país não tenham sidos posicionados de forma correta, já que as regiões Sul e Sudeste, que teoricamente seriam a mais visadas,  acabaram ficando de fora. 

De acordo com a publicação, o ex-agente da NSA diz ter comandado uma equipe de 14 hackers que foram responsáveis por fazer 54 mil invasões para a Agência.

Mais sobre: edward-snowden NSA espionagem
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter