Nasa responde questões para projeto de ciências de menino de quatro anos

Engenheiro da Nasa compara grãos de areia da praia com o número de estrelas do Universo.

Por | @oficinadanet Ciência

A Nasa ajudou um garotinho de quatro anos com a sua lição de escola. De acordo com o jornal The Telegraph, Lucas Whiteley, do condado de Yorkshire, postou um vídeo com três perguntas no site da Nasa.

Para a grande surpresa de todos,  a Agência respondeu os questionamentos do garotinho.  Para o projeto de ciências da escola, Lucas fez as perguntas: quantas estrelas existem no universo? Quem ficou em segundo e em terceiro lugar na corrida pela conquista da Lua? Animais foram mesmo à Lua?

"Quando eu era pequeno eu escrevi para a Nasa e recebi um panfleto, então quando o Lucas estava fazendo o projeto de ciências eu pensei que poderíamos ter alguma sorte se mandássemos um vídeo com algumas perguntas”, contou James, pai do menino.

Como resposta, o menino recebeu um vídeo de 10 minutos, do engenheiro da Agência Americana, Ted Garbeff, no qual responde todas as perguntas de Lucas.

O engenheiro explicou o grande número de estrelas do Universo fazendo comparação com os grãos de areia da praia. “Você deve ver muitas estrelas no céu, mas a verdade é que há muito mais estrelas do que nos podemos ver, são tantas que é até difícil de imaginar quantas há; Você imagina contar todos os grãos de areia que existem em todas as praias do planeta? Você teria um número gigantesco de grãos. Seria, mais ou menos, o mesmo número de estrelas do universo”, disse Garbeff.

No vídeo o engenheiro falou que os Estados Unidos foram o único país a enviar um homem para a Lua. Do mesmo modo explicou o real papel do envio de animais ao espaço.

"Quando eu sentei pra ver o vídeo junto do Lucas, ele tinha um grande sorriso no rosto; Ted é um cara fantástico por ter feito isso para alguém que ele nem conhece e que está do outro lado do mundo”, disse James, o pai do menino.

O engenheiro da Nasa finalizou o vídeo dizendo que Lucas e seus colegas devem prestar atenção nos seus professores e ainda disse que esperava “ver todos no espaço um dia”.

Mais sobre: nasa responde menino
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar