Falha permite registrar tudo que você fala através do Google Chrome

Quem não usou o reconhecimento de voz fornecido pelo Google Chrome, certamente o usará em breve, nem que seja para testar. Pois é, recursos e aplicativos com reconhecimento de voz estão cada vez mais comuns nos smartphones, tablets e PCs.

Por | @marciobohrer Segurança digital

Os assistentes pessoais já acompanham o usuário; Apple e Google são os mais avançados neste quesito. O Google, inclusive, possui este reconhecimento já no seu navegador padrão, o Google Chrome, ele pode ser utilizado por você neste momento. Para isto, basta ir até a página inicial do Google e clicar no microfone posicionado no canto do campo de pesquisa. Este reconhecimento está programado - ou pelo menos deveria - para funcionar apenas quando você o solicitasse. No entanto, o desenvolvedor de softwares, Tal Ater, descobriu um bug que permite que o reconhecimento de fala "ouça" o que você diz de forma integral.

Falha permite registrar tudo que você fala através do Google Chrome

O problema de verdade não está na facilidade que o Google implanta com seu sistema de reconhecimento de voz, o problema está na facilidade que site maliciosos tem de usar estas permissões para registrar tudo que o usuário diga em frente ao PC. Tal Ater gravou um vídeo (em inglês) explicando como funciona este bug. Confira:

Em suma, Tal mostra que a permissão que você dá ao Chrome de reconhecer comandos de fala, pode ser utilizada por vários sites, e alguns deles, abrem uma janela pop-up escondida, onde escuta tudo o que o microfone capta e ainda registra todas as falas por escrito. Como os registros são feitos por uma janela avulsa ao navegador, mesmo depois de fechar o dito site, a janelinha pop-up segue ali escondida e em funcionamento. Estima-se que esta "espionagem" pode durar horas.

Tal Ater já reportou tudo ao Google, meses atrás, todavia não teve retorno de quando o problema será corrigido.

Em declaração concedida ao site Engadget, o Google disse que "A segurança de nossos usuários é uma prioridade, e esta característica foi projetada com segurança e privacidade em mente." A declaração lembra que os usuários devem permitir (ou não) o uso do microfone, ou seja, estão cientes do uso e reconhecimento de sua voz. Apesar disso, o Google promete seguir com melhorias.

Com informações do: Engadget, Tal Ater.

Mais sobre: seguranca espionagem google
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar