BlackBerry deve escolher novo CEO e não será mais vendida

A BlackBerry substituirá atual CEO Thorsten Heins e não venderá mais a companhia.

Por | @oficinadanet Negócios

Nesta segunda-feira (04), a BlackBerry anunciou que a companhia não será mais vendida, mas sim, irá contratar um novo CEO. Para isso, a companhia irá arrecadar cerca de 1 bilhão de dólares de investidores institucionais, disse também a BlackBerry.

Até que a companhia decida sobre um novo CEO, John Chen assumirá o cargo. O executivo é ex-CEO da Sybase, uma empresa de softwares que a SAP AG comprou em 2010. Chen entrou no ano passado no grupo de private equity Silver Lake como consultor sênior.

A companhia pretende levar o montante com uma oferta privada de debêntures conversíveis em ações.

A Fairfax Financial Holdings Ltd, maior acionista da companhia, irá comprar 250 milhões de dólares das debêntures. De acordo com a própria BlackBerry, as debêntures subordinadas poderiam ser convertidas em ações comuns a 10 dólares e ainda teriam um prazo de sete anos.

Mais sobre: BlackBerry venda CEO
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo