Acionistas aprovaram a venda da Dell por 25 bilhões de dólares

Acionistas aprovam o valor ofertado por Michael Dell na compra de sua própria empresa, acabando assim de vez com meses de conflitos com grandes investidores.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

De acordo com matérias divulgadas na internet, a venda da Dell foi aprovada por seus acionistas, encerrando assim meses de conflitos com grandes investidores, pois na verdade a empresa foi comprada por seu fundador Michael Dell, pela oferta de US$ 25 bilhões.

Em uma reunião de urgência nesta quinta-feira, 12 de setembro, em Austin, Texas, os acionistas da terceira maior fabricante de computadores do mundo aprovaram a operação em base nos resultados preliminares, sendo que a oferta apresentada pelo próprio Michel Dell foi aprovada; a operação deverá ser concluída antes mesmo do final do terceiro trimestre fiscal da companhia. Com a venda concluída, as transformações internas da Dell deverão ser aceleradas. Em fevereiro a Dell foi transformada numa empresa privada.

Acionistas aprovaram a venda da Dell por 25 bilhões de dólares

Vale também dizer que a empresa divulgou no último mês uma queda de 72% no lucro trimestral, onde essa queda acabou refletindo em cortes de preços. De acordo com Michel Dell, a nova fase da empresa será focada a uma empresa fornecedora de serviços de computação para companhias, no mesmo molde da IBM e HP, mas acreditam os acionistas que essa transformação será complexa.

Para alguns analistas, a estratégia tomada pelo fundador da empresa pode ter vindo tarde de mais, sendo que grande parte do mercado corporativo já está sendo atendido pela HP e IBM, com isso, a empresa ficará com poucas opções.

A companhia Dell foi fundada no ano de 1984 em um dormitório universitário por Michel Dell e sua sócia, Silver Lake, juntos lutaram por meses para tentar convencer investidores a acreditarem em suas ideias e assim investirem nela e acabaram ganhando muito dinheiro com a aposta.

Hoje, resta saber qual será o novo caminho que a Dell irá tomar, pois precisam com urgência recuperar os lucros perdidos dos últimos trimestres.

Mais sobre: Dell, acionistas, compra
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários