Conexão Kinghost em Porto Alegre

Com vista em trazer mais conhecimento relevante aos empreendedores e auxiliar na construção de novos negócios, o Conexão Kinghost trouxe mais de dez palestrantes e especialistas em startups no Brasil.

Por | @marciobohrer Empreendedorismo

Com o crescimento e diversificação de negócios no Brasil, milhares de brasileiros pensam em abrir seu próprio negócio e ser um empreendedor. Pensando nisto a Kinghost - empresa que hospeda sites pequenos, médios e grandes, com um gama enorme de serviços complementares além de um Datacenter no Brasil – reúne empreendedores bem sucedidos neste mercado para apresentar seu projeto, suas experiências, sucessos e fracassos.

A edição 2013 do Conexão Kinghost recebeu o enfoque sobre a Força do empreendedorismo das Startups no Brasil. Novos e experientes empreendedores lotaram as dependências do Teatro do CIEE, em Porto Alegre, para compartilhar de sua visão empreendedora.Conexão Kinghost em Porto Alegre

Uma breve introdução começou a programação do dia através de Juliano Primavesi, CEO da Kinghost. A empresa vem numa crescente evolução para entender melhor as necessidades do cliente e, recentemente renovou sua interface digital e a campanha para este ano é intitulada: Vá além. Vejamos alguns pontos importantes do evento:

Empreendedorismo social

Julian Ugarte – Diretor executivo do SociaLab – subiu ao palco para compartilhar como a SociaLab ajuda a projetos inovadores que buscam um empreendedorismo funcional e social atendendo locais de extrema pobreza e desigualdade. A campanha presidida por Julian trás o tema: Mudar o mundo em tempo recorde.Conexão Kinghost em Porto Alegre

O SociaLab promove, apoia, arrecada investimentos para viabilizar estas ideias pelo mundo todo. O grande diferencial da SociaLab é que sua visão empreendedora visa ajudar as pessoas que realmente necessitam de mantimentos essenciais, como água. Isto mesmo, segundo Julian, uma parcela muito grande de pessoas recebem por dia de trabalho, uma quantia não superior de US$ 4.

Julian e os parceiros da SociaLab buscam encontrar soluções para problemas existentes em localidades de extrema pobreza. Ele citou um caso onde uma aldeia não continha acesso à água potável. Em outro exemplo, citou um complemento para iPhone que é capaz de captar imagens microscópicas do sangue e, identificar o diagnóstico de malária através do um game para computador.

O responsável pelo projeto, Miguel Luengo, descobriu que através um game para computadores, crianças podiam identificar e diagnosticar a malária mais rapidamente que os médicos africanos. Sendo assim, apenas com o isso de um iPhone, a malária poderia ser identificada facilmente e diminuir a incidências de mortes por esta doença em países africanos.

O próprio Julian admite que muitos projetos destes são apenas ideias malucas e outro tanto jamais será viabilizado, mas reitera que a sociedade precisa fazer algo pelas classes de pobreza.

Entre outros projetos, Julian falou de um que prevê viabilizar internet grátis para celulares pré-pagos. Através de um vídeo o usuário responde se quer confirmar a visualização e assim, garante o restante do dia com internet grátis. Este projeto prevê uma arrecadação comercial através de publicidades.

Outro projeto inovador é o que transforma água salgada em doce, através de uma máquina -que tem custo de 500 dólares – eles transformam água em plasma e, após um tempo o plasma se transforma em água novamente. Para viabilizar a fabricação em massa desta máquina, seriam necessários apenas 500 milhões de dólares.

O engajamento de Julian é realmente contagiante. Acesse o site da SociaLab.

Startups

Vindo diretamente do Vale do Silício, o jovem alemão Bjoern Herrmann participou do Conexão Kinghost e trouxe aos presentes um pouco de sua experiência com as startups Genome e também a Compass.

Bjoern disse que quase 90% das startups falha por se “auto destruir” fazendo eficientemente o não necessário. Aconselhou aos presentes que tentassem aprender tudo que fosse preciso o quanto antes, de forma que não venham a perder as rédeas da empresa.Conexão Kinghost em Porto Alegre

Como exemplo, Bjoern citou a empresa Color: Uma startup que visava o compartilhamento de imagens fotográficas por meio dos smartphones com filtros de instagrama (antes do Instagram ficar popular). A aceitação do produto foi excelente e rendeu muitas expectativas aos sócios.

Para celebrar o lançamento do produto, a empresa investiu pesado em um prédio, contratou pessoal e organizou uma grande inauguração – onde os presentes já poderiam utilizar o aplicativo e tudo era para ser uma maravilha. Ao final do evento, de todos os presentes, apenas 50 fotos haviam sido publicadas.

Bjoern explicou que o fracasso tomou conta da empresa, que teve que demitir funcionários e em dois meses estava fechada. O produto deles não era bom, mesmo com os US$ 7 milhões que receberam de investimento. Conectando o assunto, ele expôs um estudo que fez com seus parceiros e que o levaram a criar o Compass Startup: Sistema que compara e detecta erros e acertos de outros startups.

Entre as dicas estão:

  • Não trabalhe meio turno em sua empresa – torne-a seu sonho, trabalhe sempre nela;
  • Não inicie sozinho – O melhor desempenho das startups é de 2 a 3 fundadores;
  • Não inicie sem um fundador técnico – A empresa precisa de dados técnicos;
  • Crescimento gradativo – A empresa precisa crescer, mas não de uma hora para outra.

Bjoern ressaltou ainda que as empresas que se consolidaram no mercado não tiveram um crescimento imediato, mas foram galgando seu espaço e adquirindo os lucros do trabalho contínuo.

Cases de Startups

Gustavo Goldschimidt subiu ao palco do Conexão Kinghost para apresentar suas experiências com o Superplayer.fm. A ideia dos três irmãos era criar um sincronizador de músicas do iPod com o computador ou outros dispositivos, entretanto, com um concorrente como iCloud eles nem tentaram concorrer. Foi então que surgiu a ideia de criar um straming de músicas armazenadas em nuvem. O diferencial? As músicas são divididas por categorias, sentimentos e atividade.Conexão Kinghost em Porto Alegre

Para criar esta excelente ideia, Gustavo comentou que o time pensou em três problemas inicias:

  • Compra das músicas;
  • Download;
  • Sincronização.

Para finalizar, Gustavo disse que o projeto – apesar que estar muito bem disseminado no Brasil todo – ainda não rende o lucro esperado, mas esta etapa já está em pesquisa para ampliar a renda da equipe.

Painel sobre e-commerce

Bruno Tonetto comandou uma boa conversa com cases de e-commerce bem sucedidos. Os convidados foram: In Hsieh (Co-fundador da Baby.com.br), Jonathan Assayang (CEO da Lema21), Luiz Dias (Gerente geral do site Conect Parts) e Denise Caetano (Prematuridade.com).

A Baby.com.br é responsável por levar ao Brasil produtos para bebês além de acessórios. Já a Lema21 está no mercado de armações para óculos de grau e solar (todo o processo é feito via e-commerce) – o sucesso rendeu a Lema21 dois prêmios, um deles competindo com a maior vendedora de material esportivo na internet, a Netshoes.Conexão Kinghost em Porto Alegre

Luiz Dias é especialista em e-commerce e trabalha hoje na Conect Parts, empresas de peças automotivas com movimentação gigantes de produtos. Já Denise é nutricionista e, encontrava dificuldade em encontrar alguns produtos para seus pacientes. Foi então que decidiu criar um portal para recém-nascidos e uma loja virtual.

Pitchs – Banca de aceleradores e empreendedores

Alguns novos empreendedores puderam expor as ideias que estão colocando em prática. Entre eles estavam o Papadívidas (startup que visa intermediar negociações entre credores e devedores), Humanus (Procura fazer moda com obras de arte e poesias), DaleVuelta 360 (Fotos panorâmicas em 360 para eventos em geral).Conexão Kinghost em Porto Alegre

Painel Investimentos

Presididos por Marcelo Toledo, Cassio Spina (Fundador da Anjos do Brasil), Michael Nicklas (COO da IdeiasNet e Fundador do Startupi) e Mauricio Felício (Atua na área de Business development da 1188 Investimentos) dialogaram sobre os investimentos que devem ser aplicados em startups e também responderam a perguntas dos presentes no evento.Conexão Kinghost em Porto Alegre

O evento encerrou sua programação com um Vídeocast transmitido ao vivo pelo canal Man in the Arena com uma entrevista especial com o CEO da Kinghost, Juliano Primavesi.

O evento é muito importante para criar laços de negócios e manter um Networking entre empresas de startups e empreendedores em geral.

Mais sobre: conexao, kinghost, startup
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários