Oficina da Net Logo

Carregador falsificado pode ter matado chinesa

A família quer responsabilizar Apple pelo ocorrido.

Por | @oficinadanet Smartphones Pular para comentários

De acordo com informações da agência EFE, a jovem chinesa que morreu após atender uma ligação em seu iPhone pode ter usado um carregador falso. A família de Ma Ailun, de 23 anos, explicou que ela foi eletrocutada ao atender uma ligação em seu iPhone 5 enquanto ele estava sendo carregado na tomada.

De acordo com o especialista Xiang Ligang, uma descarga elétrica pode ter causado a morte da jovem. "Às vezes, os carregadores falsos economizam na qualidade. O protetor do circuito poderia não ser bom, o que poderia causar uma ruptura do condensador e, posteriormente, uma descarga de 220 volts de energia diretamente à bateria do telefone", explicou Xiang.

Veja a notícia completa sobre o ocorrido: Jovem Chinesa morre ao atender iPhone 5

A Apple, após ter tomado conhecimento da morte da moça divulgou a mensagem: “Estamos profundamente tristes em saber sobre esse trágico incidente e oferecemos nossas condolências à família de Ma. Vamos investigar o caso de maneira completa e cooperar com as autoridades sobre esse assunto”. Leia em destaque: Os melhores smartphones de 2018.

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #iPhone  #chinesa  #iPhone 5
Comentários
Carregar comentários