O que é aquecimento global?

Não é de hoje que estudos são realizados e "teorias" criadas sobre o aquecimento da terra, camada de ozônio e derretimento das geleiras. As discussões entram pela escola, passam pela faculdade e acabam em rodas de bar entre amigos. Mas o que é o aquecimento global?

Por | @oficinadanet Ciência

Ao longo dos últimos anos muito se fala em aquecimento global, mas o que realmente significa este termo? O planeta está mesmo sofrendo com isto? Estas e outras são algumas perguntas que elucidaremos neste texto.

O que é aquecimento global?

Para início de conversa, o aquecimento global é proveniente das alterações climáticas que ocorrem no nosso planeta, ou seja, é o aumento das temperaturas no planeta. Tal aumento é gerado principalmente pela alta concentração de gases do efeito estufa, fruto das atividades humanas, como a queima de combustíveis e o alto índice de desmatamento.

O que é aquecimento global?
Imagem clássica quando se fala em aquecimento global

De acordo com os cientistas do Painel Intergovernamental em Mudança do Clima (IPCC), da Organização das Nações Unidas (ONU), o século XX é considerado o mais quente dos últimos cinco séculos, registrando aumento de temperatura média entre 0,3°C e 0,6°C.

Quais são as causas do aquecimento no planeta?

As verdadeiras causas do aquecimento global são bastante discutidas e estudadas. Muitos cientistas atribuem a um processo natural, afirmando que o nosso planeta está passando por uma transição natural, saindo da era glacial para a interglacial.

No entanto, grande parte dos estudiosos acredita que o aquecimento no planeta é consequência das atividades do próprio homem. O efeito estufa, grande vilão para o planeta, está sendo intensificado pela queima de combustíveis fósseis, como o carvão mineral, petróleo e também o gás natural.  A queima de tais combustíveis produz gases como o dióxido de carbono (CO2), o metano (CH4) e óxido nitroso (N2O), que acabam retendo o calor das radiações solares, funcionando com uma estufa, assim, aumentando a temperatura. Outro fator importante para esse efeito é o desmatando, cada vez mais acentuado. Veja como funciona uma usina nuclear.

O que é aquecimento global?
Emissão de CO² no meio industrial

Quais as consequências do aquecimento na Terra?

O aquecimento no planeta pode ocasionar vários desastres ambientais, atingindo toda biodiversidade, inclusive o homem. Umas das consequências muito discutidas e que geram bastante preocupação é o degelo. De acordo com especialistas, o oceano Ártico é o mais afetado. Estudos comprovam que nos últimos anos a camada de gelo do oceano ficou 40% mais fina e área teve redução de 15%. Não somente o oceano sofre com o aumento da temperatura, as principais cordilheiras do mundo também estão perdendo massa de gelo.

A partir do degelo dos oceanos, muitas cidades costeiras correm o risco de desaparecer. Algumas delas já registraram elevação do mar nos últimos anos.

No entanto, alguns cientistas climáticos vão ainda mais além, eles alertam que as consequências do aquecimento global trará prejuízos gravíssimos ao homem, como a falta de água potável, alterações nas condições de produção de alimentos e ainda um grande aumento do número de mortes causadas por catástrofes (inundações, calor, secas, etc). Com o aumento do nível do mar, os cientistas preveem a extinção de várias espécies de animais e também vegetais.

O que podemos fazer para evitar o aquecimento global?

O aquecimento global é um problema mundial, ou seja, de todos. Obviamente, países com um poderio industrial maior acabam poluindo mais o meio ambiente, uma das causas do aquecimento no planeta. Especialistas defendem que para diminuir a extensão do problema seria necessário uma verdadeira revolução industrial. Porém, cada indivíduo também possui um papel determinante na sociedade e no planeta, assim, cada um de nós também é responsável por degradar o meio ambiente e como consequência, interferir na temperatura do planeta.

Que tal tomar como padrão algumas dicas para amenizar esse efeito no nosso planeta?

  • Reduzir o consumo de energia;
  • Separar o lixo doméstico;
  • Usar menos aquecedores e ar condicionado;
  • Preferir o transporte público a carros particulares;
  • Substituir lâmpadas comuns por fluorescentes;
  • Não jogar o lixo em lugares inapropriados;
  • Plantar árvores.

O que é aquecimento global?
Alternativas para evitar o aquecimento global

Mas e se todo este assunto não passasse de uma hipótese e possivelmente uma mentira?

O crescimento das pessoas, humanidade, ciência, inteligência, se dá com o choque entre opiniões, diversidades de conhecimento, pesquisas e estudos aprofundados sobre todos os assuntos. Com relação ao aquecimento global não foi diferente. Há muito tempo se fala em aquecimento global, deposita-se a culpa para certas catastrofes em cima deste aquecimento que descongela a antártida, sobe o nível do mar, e cria tempestades enormes e devastadoras. Mas até onde isto tudo é verdade?

Especialistas apontam que não há teorias sobre o aquecimento global, há apenas hipóteses, ideias a respeito que pode ter mudado na humanidade durante os últimos 1000 anos. Segundo eles, nem a camada de ozônio existe, as mudanças climáticas ocorrem em ciclos de centenas de anos, portanto já houve tempos em que as temperaturas na terra eram maiores que hoje e na época não se criava nem 10% do CO² emitidos nos dias de hoje. Dentre os mais conhecidos defensores da "farsa" do aquecimento global, está Luiz Carlos Molion, PhD em Metereologia e pós-doutor em Hidrologias de Florestas (Você pode ver um vídeo de uma entrevista do professor Molion neste link), e o Professor da USP, Dr. Ricardo Augusto Felicio, que ficou muito conhecido por uma polêmica entrevista no programa de Jô Soares no ano passado. Na ocasião, Felicio afirmou com todas as letras, que o aquecimento global não existe. Você pode conferir a primeira parte da entrevista dele no Jô, através vídeo abaixo.

Para colocar ainda mais lenha nesta fogueira, no último dia 22 de maio, o site Naturalnews publicou uma matéria informando que a NASA divulgou um relatório que onde concluiu que o Dióxido de Carbono na verdade esfria a terra, e não esquenta como estamos acostumados à ouvir.

A decisão de crer ou não no aquecimento global é sua, mas vale lembrar mais uma vez, que as dicas citadas anteriormente auxiliam também numa melhor convivência com nossos semelhantes e não somente para que o sol não nos frite dentro de alguns anos.

Mais sobre: Ciência aquecimento global temperatura
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar