Estados Unidos pretende rebocar asteroide até próximo a Terra

Barack Obama irá sugerir ao Congresso norte-americano nesta quarta-feira, 10 de abril, que o mesmo aprove uma verba de US$ 100 milhões para o próximo ano a fim de tirar do papel o projeto de capturar um pequeno asteroide e puxá-lo para a órbita da Lua.

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com anuncio feito pelo senador Bill Nelson na última semana, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, irá sugerir ao Congresso norte-americano nesta quarta-feira, 10 de abril, que o mesmo aprove uma verba de US$ 100 milhões para o próximo ano a fim de tirar do papel o projeto de capturar um pequeno asteroide e puxá-lo para a órbita da Lua.

Esse projeto tem por finalidade estabelecer postos tripulados permanentes no espaço. Conforme o comunicado, o senador democrata diz que, “Isto faz parte daquilo que será um programa muito mais amplo, o plano combina a ciência de mineração em um asteroide, o desenvolvimento de métodos para desviá-lo, bem como além de encontrar um lugar para desenvolver formas de viajar até Marte”.

O plano de captura deste pequeno asteroide prevê que uma nave robô capture o mesmo e o puxe em direção da Terra, deixando-o em órbita estável ao redor da Lua, próximo o suficiente para que astronautas possam ir a sua direção.

Para alguns especialistas, o objetivo de Obama de enviar uma missão tripulada até este asteroide é quase que impossível, pelo nível financeiro em que se encontra hoje a NASA, mas também para esses mesmos especialistas, se a NASA usar um veículo não tripulado para puxar esse asteroide de 500 toneladas para bem próximo da Terra, poderia se tornar em uma fonte de lucros, pois levaria os seres humanos a um asteroide até 2021, ou seja, quatro anos antes do final do prazo previsto.

Voltando ainda ao comunicado do senador Nelson, o mesmo diz que, “Uma vez que o asteroide esteja em órbita estável, haverá atividades de mineração, pesquisas sobre formas de desviar o asteroide da rota de colisão com a Terra e também o teste de desenvolvimento de uma tecnologia para uma viagem rumo ao espaço sideral e a Marte”, completa.

Mais sobre: nasa lua asteroide
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo