Arquiteto da Sony dá detalhes sobre o PlayStation 5, confira

O arquiteto-chefe do Playstation 5 da Sony, Mark Cerny, que também trabalhou no Playstation 4 e no PS Vita, deu detalhes sobre os recursos do novo Playstation, provavelmente chamado de PS5.

Por | @oficinadanet Playstation 5 Pular para comentários

A Sony anunciou hoje os primeiros detalhes sobre a próxima geração do seu novo console PlayStation, o PS5. Os detalhes foram anunciados em um artigo exclusivo da revista Wired. Mas devemos nos acalmar um pouco, porque o PS5 não deve chegar em 2019.

Detalhes do PlayStation 5

Aqui estão os destaques dos novos recursos do PlayStation de próxima geração, possivelmente chamado de PlayStation 5:

  • Compatibilidade com os jogos de PS4
  • Ainda usará mídia física
  • Processador AMD Core 8
  • GPU Radeon Navi (suporta até a resolução 8K)
  • SSD e mais armazenamento
  • Raytracing (Traçado de raios)

Mark Cerny dá detalhes sobre o PS5

Em entrevista à Wired, o arquiteto-chefe do console, Mark Cerny - que também trabalhou no PS4 e no PS Vita, e é uma espécie de lenda da indústria - explicou o que tornará o próximo console de games da Sony tão especial.

O primeiro é o fato de que o console será compatível com todos os jogos existentes no PS4, o que é muito importante para os fãs do console. Mas não é propriamente uma novidade - os consoles da Sony sempre têm esse recurso, desde o PS2. Mas é bom saber que tudo continuará como é, e isso torna a decisão de upgrade um pouco mais fácil.

A outra grande novidade é que a máquina irá optar por um disco rígido de estado sólido (SSD), que reduzirá drasticamente o tempo de carregamento. Isso permitirá que os desenvolvedores removam as pausas entre os níveis que afligem tantos jogos modernos atualmente.

O aprimoramentos de CPU e GPU estão obviamente a caminho; o PS5 terá um AMD Ryzen de terceira geração, com oito núcleos, além de um Radeon Navi customizado. Também é sugerido que o console suportará raytracing, um novo recurso gráfico que está apenas em PCs top de linha até o momento. No entanto, não há muitos detalhes sobre exatamente como a Sony conseguirá fazer isso, já que o rastreamento de raios é incrível, e necessita de uso intensivo de processadores.

O suporte ao 8K e áudio 3D também são mencionados, e o PlayStation VR será compatível com o console. Cerny também revelou que o PS5 usará mídia física, apesar do fato de que a Microsoft está prestes a lançar um Xbox One sem este recurso, mas o PS5 pode ser o último console da Sony a usar mídia física de jogos.

As más notícias? Não há nenhuma previsão para o lançamento em 2019. O PS5 (ou, como Cerny chama, 'Next Gen Console') não chegará até o próximo ano. Há mais notícias ruins, de que a Sony não fará parte da E3 (Electronic Entertainment Expo) deste ano.

Comentários
Carregar comentários
OFICINA DA NET NO YOUTUBE
Gosta de tecnologia, smartphones e hardware? Então inscreva-se agora!

Não, obrigado