Hackers querem satélite próprio com propósito de driblar censura da internet

Na semana passada um grupo de hackers alemães anunciaram que planejam ter satélites próprios, eles terão bases na Terra para realizar o controle e assim, driblar a censurada internet, assunto levantado pelo SOPA (Stop Internet Piracy Act), com um projeto de lei da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.

Hackers querem satélite próprio com propósito de driblar censura da internet

Na semana passada um grupo de hackers alemães anunciaram que planejam ter satélites próprios, eles terão bases na Terra para realizar o controle e assim, driblar a censurada internet, assunto levantado pelo SOPA (Stop Internet Piracy Act), com um projeto de lei da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.

O SOPA pretende acabar com a pirataria na internet impondo consequências rígidas que vai desde o cancelamento da página como também a prisão dos responsáveis. No entanto, esse projeto não está agradando a todos, inclusive grandes companhias como o Google, Facebook e Amazon.

De acordo com a BBC, o lançamento dos satélites foi anunciado a pouco tempo na conferência Chaos Communication, em Berlim, Alemanha. O projeto foi denominado como "Hackerspace Global Grid".

Conforme o hacker Nick Farr, o único objetivo é o conhecimento, envolvendo também a criação de produtos eletrônicos que possam funcionar no espaço como também em veículos de lançamento. Farr e seu grupo estão desenvolvendo o projeto juntamente com a Constellation, uma iniciativa de pesquisas aeroespaciais da Alemanha que participa de projetos estudantis.

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021

Conteúdo relacionado

Lançamentos NETFLIX dessa semana (24/10 a 30/10)
Lançamentos Netflix 2021

Lançamentos NETFLIX dessa semana (24/10 a 30/10)

Novos filmes, novas séries e mais temporadas chegando no catálogo da Netflix. Confere os lançamentos dessa semana no streaming!

LinkedIn: novo vazamento expõe dados de 700 milhões de usuários
Segurança digital

LinkedIn: novo vazamento expõe dados de 700 milhões de usuários

De acordo com uma investigação inicial, os dados de 92% dos usuários da plataforma tiveram seus dados roubados e colocados à venda; acredita-se que os dados foram obtidos pela API da plataforma e de sites terceiros. Confira!

Alerta! Vazamento expõe 8,4 bilhões de senhas e se torna o maior da história
Segurança digital

Alerta! Vazamento expõe 8,4 bilhões de senhas e se torna o maior da história

Os especialistas acreditam que esse é um trabalho hacker de muitos anos e pode impactar diretamente as pessoas que usam a mesma senha em todos os lugares. Confira!