Estudo da NASA diz que anéis de Saturno irão desaparecer em 300 milhões de anos

A nova pesquisa ainda favorece a ideia de que Saturno adquiriu os anéis muito após a sua formação.

Por NASA Pular para comentários

Estudos já revelaram que os anéis de Saturno estão desaparecendo gradativamente. A hipótese foi reforçada através de dados obtidos pela segunda sonda Cassini, enviada pela NASA em 1997. Agora, uma recente pesquisa da agência espacial confirma que Saturno está mesmo perdendo os seus anéis, que eles estão sendo atraídos pela gravidade do planeta.

Tudo é como se os anéis fizessem chover em Saturno. Conforme James O'Donoghue, cientista da NASA, "estimamos que esta 'chuva' drene uma quantidade de água que poderia encher uma piscina olímpica a cada meia hora". Ele crê que todo o sistema de anéis de Saturno terá desaparecido por inteiro daqui 300 milhões de anos, mas eles aparecerão em quantidade pequena dentro de 100 milhões de anos.

Estudo da NASA diz que anéis de Saturno irão desaparecer em 300 milhões de anos.Estudo da NASA diz que anéis de Saturno irão desaparecer em 300 milhões de anos.

A nova pesquisa ainda favorece a ideia de que Saturno adquiriu os anéis muito após a sua formação, reduzindo as possibilidades de o planeta ter sido formado já com os anéis ao seu redor. O estudo demonstra que é improvável que os anéis tenham mais de 100 milhões de anos de idade.  "Temos sorte de estar por perto para ver os anéis de Saturno, que parecem estar no meio de sua vida. No entanto, se anéis são temporários, talvez tenhamos perdido os sistemas de anéis gigantes ao redor de Júpiter, Urano e Netuno", diz O'Donoghue.

De acordo com teorias, os anéis podem ter se formado a partir da colisão de luas congeladas na órbita do planeta, bem como eventuais choques contra asteroides e cometas, despejando milhares de pedaços no espaço, e levando em consideração que tais pedaços são atraídos pela força gravitacional de Saturno, em consequência acabam formando os anéis. No geral, os anéis de Saturno são formados por pedaços de gelo que variam de tamanho entre si.

Fonte: NASA

Mais sobre: saturno, aneis, nasa
Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(14,86%)
10(56,19%)
15(11,76%)
20(9,29%)
26(7,89%)