Oficina da Net Logo

Cosmonautas russos tentam descobrir origem de misterioso buraco na espaçonave

O buraco foi descoberto no final de agosto. Até então nenhuma causa concreta foi encontrada.

Por | @oficinadanet NASA Pular para comentários

Na manhã desta terça-feira (11), dois tripulantes russo que estão a bordo da Estação Espacial Internacional realizaram uma caminhada espacial para investigar o buraco misterioso que surgiu em uma espaçonave visitante  que acarretou no vazamento de ar da ISS há alguns meses.

Os astronautas da ISS descobriram o buraco ainda no mês de agosto, após os controladores de voo da NASA perceberem que a pressão do ar estava caindo, sinal que estava vazando. Os membros da estação realizaram uma busca pelo problema e encontram um buraco de cerca de dois milímetros de largura em uma das cápsulas da Soyuz, o veículo responsável pelo transporte de astronautas. O buraco acabou sendo remendado rapidamente com epóxi e uma gaze, e a pressão da estação está regulada até então.

Buraco encontrado na nave Soyuz. Buraco encontrado na nave Soyuz.

Inicialmente acreditava-se que o buraco poderia ter sido causado por um minúsculo meteorito que teria atingido a Soyuz, mas fotos mostraram que a abertura estava limpa e redonda, e aparentemente poderia ter sido causada por uma broca. Leia em destaque: 10 tecnologias da NASA que estão no nosso dia a dia.

Após tal descoberta, Smitry Rogozin, chefe da corporação espacial estatal russa Roscosmos, disse que uma investigação consideraria todas as possibilidades de como o buraco surgiu.

As especulações acabaram repercutindo mal, por conta disso, NASA e a Roscosmos divulgaram uma declaração em conjunto dizendo que estavam trabalhando unidas para descobrir a causa do buraco, e ainda garantiu que a equipe da ISS é “dedicada à operação segura da estação e todas as espaçonaves ancoradas para garantir o sucesso da missão. ”

A principal teoria é que o buraco tenha sido feito quando a nave estava em construção, possivelmente que tenha sido feita por algum trabalhador acidentalmente. Por enquanto, nenhuma conclusão formal foi feita, e por isso a Rússia decidiu pela caminhada espacial.

Fonte: The Verge 

Comentários
Carregar comentários