MWC 2019: Microsoft pretende levar Internet das Coisas para diferentes locais

A intenção é que até os sensores e dispositivos em locais mais isolados do mundo, com pouca ou baixa conexão podessam ser acessados remotamente.

Por | @oficinadanet Microsoft Pular para comentários

Durante a MWC 2019, a Microsoft apresentou as novas gerações do HoloLens e ainda do seu Kinect. Além disso, a companhia anunciou uma parceria com a Inmarsat para o desenvolvimento de um sistema de Internet das Coisas que tem como objetivo levar a conectividade até para os locais mais remotos.

Assim, através da comunicação via satélite será possível enviar e receber dados em todos os locais do mundo. Deste modo, até os sensores e dispositivos em locais mais isolados do mundo, com pouca ou baixa conexão poderão ser acessados remotamente.

MWC 2019: Microsoft pretende levar Internet das Coisas para diferentes locais.MWC 2019: Microsoft pretende levar Internet das Coisas para diferentes locais.

Isso tudo poderá ocorrer através de uma integração entre o Azure, a plataforma de cloud computing da Microsoft, e também a rede de comunicação via satélite da Inmarsat. Esta, segundo a empresa, é uma resposta para um dos principais desafios já encontrados no desenvolvimento da internet das Coisas, em que os dispositivos acabam encontrando em relação a falta de redes sem fios em locais remotos.

Atualmente, os dados são enviados de modo lento e até com precariedade, os mesmo os pesquisadores precisam seguir pessoalmente até o local do sensor para poder coletar informações. Neste sentido, o resultado é o atraso e até mesmo uma redução na eficácia de informações. A ideia é mudar tudo isso com a colaboração da Inmasat.

A Microsoft não informou o valor da novidade, que estará disponível para todos os clientes do Azure. Os contatos, segundo a empresa parceira, serão realizados de acordo com a necessidade do contratante.

A união entre as duas empresas está na fase final de testes, e os primeiros resultados serão apresentados nos próximos meses.

Fonte: Canaltech

Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal