Microsoft Translator contará com traduções offline

A Microsoft explica que o aplicativo é capaz de fazer traduções em qualquer aparelho mais recente.

Por | @oficinadanet Microsoft

Os aplicativos de tradução costumam ser ótimos aliados para os viajantes, em especial para quem não domina a língua local. O que acaba dificultando o seu uso é a falta de uma conexão estável, já que muitos dos tradutores usam aprendizado de máquina através da nuvem.

O Microsoft Translator estava inserido nessa categoria, em que precisava de internet para o seu bom funcionamento. Agora, a novidade da vez é que o aplicativo para Amazon Fire, Android e iOS está diferenciado. Os usuários Android já podem usar o recurso, enquanto os usuários iOS precisam aguardar a liberação do app pela Apple.

A Microsoft explica que o aplicativo é capaz de fazer traduções em qualquer aparelho mais recente e que não necessita de um hardware específico para inteligência artificial.  Arul Menezes, Gerente de Pesquisa de Tradução de Máquina da Microsoft, diz que os novos pacotes de tradução são consideravelmente melhores que os atuais, e com isso, fornecem  traduções mais “humanas” que as atuais.

Microsoft Translator contará com traduções offline. Novidade já está disponível para os usuários.Microsoft Translator contará com traduções offline. Novidade já está disponível para os usuários.

Leia também:

Os pacotes antigos trabalham com uma abordagem baseada em tradução automática literal, já os novos usam machine learning. Eles acabam ocupando apenas a metade dos pacotes anteriores. As línguas disponíveis são: árabe, chinês simplificado, francês, alemão, italiano, japonês, coreano, português, russo, espanhol e tailandês. No futuro, a tendência é ampliar o número de línguas.

Levando em consideração que a tradução é realizada através de aprendizado via maquina no próprio smartphones, ele não terá o mesmo desempenho que feito através de servidores. Mesmo assim, a Microsoft garante que a diferença é pequena.

"A diferença entre a tradução offline neural e a qualidade de tradução anterior com nossos modelos mais antigos é enorme", disse Menezes.

A Microsoft também está liberando o recurso para outros desenvolvedores, de modo pago.

SHARE
Comentários
Você precisa lerver tudo
Mais recentesver tudo
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail