Hackers descobrem falha no Nintendo Switch que não tem correção por software

Brecha estaria no processo de inicialização do chip Tegra X1.

Por | @fsbeling Hacker

O Nintendo Switch foi alvo de hackers novamente, desta vez, eles conseguiram encontrar uma nova falha no console que permite a exploração do aparelho, sendo que a mesma não teria correção por software, o que abriria portas para a pirataria.

A brecha estaria no processo de inicialização do chip Tegra X1 que alimenta o console, o qual seria o primeiro, de maneira involuntária, a ser acionado assim que o aparelho é ligado. Porém, neste caso, não há nada que a Nintendo consiga fazer no que se refere as atualizações, como a que a Nintendo disponibilizou no mês passado, para correção de problemas relacionados as falhas.

A fabricante da peça, no caso, a Nvidia, também não teria como providenciar uma solução, isso porque o Fusée Gelée, como é chamado o exploit, se aproveita da estrutura de hardware do chip para forçar uma sobrecarga, ativando de maneira automática o modo de recuperação, neste momento que o código externo é executado, permitindo total acesso à estrutura do console.

Nova falha encontrada pelos hackersNova falha encontrada pelos hackers

Contudo, acredita-se que a Nintendo com estes fatos, não siga colocando no mercado um console vulnerável à pirataria. Com isso, talvez a empresa venha a lançar novos Switch com pequenas mudanças de hardware alterando as proteções do modo de recuperação do chip Tegra X1.

Vale salientar que mesmo que essa falha tenha sido descoberta, isso não significa que será possível rodar jogos piratas no console. Os hackers conseguiram acessar à estrutura de hardware, mas a encriptação de software relativa ao sistema da fabricante e suas proteções para os jogos, até o momento, seguem indecifradas. Embora, alguns usuários já tenham conseguido inserir um Linux modificado no console, consequentemente conseguirão rodar o Dolphin, um emulador de Game Cube. Veja no vídeo abaixo.

Agora, nos resta aguardar qual será a atitude a ser tomada pela fabricante Nintendo, perante o seu console que faz o maior sucesso, com um número de vendas que superaram as vendas do seu antecessor Wii U, em poucos meses.

MAIS SOBRE Nintendo Switch console
SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar