Oficina da Net Logo

Através de Adiantum, Google pretende disponibilizar criptografia para todos

O Google diz que todo dispositivo Android pode ser criptografado, que a privacidade não será mantida somente para aqueles que podem pagar por ela.

Por | @oficinadanet Google Pular para comentários

Atualmente, segurança na rede é um dos temas mais abordados, já que muitos problemas envolvendo o vazamento de informações de usuários surgiram nos últimos tempos. Levando em consideração o fato, através do projeto Adiantum, o Google quer disponibilizar criptografia de armazenamento para todos os aparelhos Android mais baratos, sem que o desempenho seja afetado.

Os aparelhos equipados com Android Go de baixa potência, relógios inteligentes e TVs aparecem abaixo dos requisitos de desempenho do Google para criptografia.

O Google, através do Adiantum, diz que todo dispositivo Android pode ser criptografado, que a privacidade não será mantida somente para aqueles que podem pagar por ela.

Através de Adiantum, Google pretende disponibilizar criptografia para todos.Através de Adiantum, Google pretende disponibilizar criptografia para todos. Leia em destaque: Palavras mais buscadas no Google em 2018 no Brasil e no Mundo.

A criptografia é uma defesa importante para todos os usuários, já que pode, impedir o acesso de criminosos ao sistema ou mesmo autoridades que queiram descobrir alguma informação. Adiantum é um projeto que tem como objetivo criptografar o armazenamento de todos aparelhos Android, mantendo todas informações seguras.

Grande parte dos hardwares Android está criptografada atualmente com o padrão AES, porém, aparelhos mais baratos, como os equipados com processadores de baixo custo, não contam com suporte a hardware AES. De acordo com o Google, o Adiantum é cinco vezes mais veloz que a criptografa AES do Android em aparelhos de baixa potência.

O Adiantum está programada para ser lançada com o Android Q, o sucessor do Android Pie, que será oficializado no final deste ano. "Nossa esperança é que o Adiantum democratize a criptografia de todos os dispositivos", disse Eugene Liderman. "Assim como você não compraria um telefone sem mensagens de texto, não há desculpa para comprometer a segurança causa do desempenho do dispositivo. Todos devem ter privacidade e segurança, independentemente do preço do telefone. ”

Fonte: The Verge 

Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais