Google passa a permitir que alguns usuários testem recurso de navegação de AR para Google Maps

Empresas como Apple, Facebook, Google, North, Vuzix e outras já estão trabalhando ou mesmo vendendo os seus próprios óculos de realidade aumentada.

Por | @oficinadanet Google Pular para comentários

No ano passado, durante a conferência do desenvolvedor de E/S, o Google revelou um novo recurso de realidade aumentada para Google Maps, que teria a função de fornecer aos usuários direções da câmera do telefone em tempo real. David Pierce, do Wall Street Journal, experimentou uma versão inicial do recurso.

De acordo com ele, mesmo que “provavelmente não seja sua opção principal de turn-by-turn, é um enorme passo na direção certa para o Google Maps.” Ele ainda descreveu como um dos recursos funcionou. Segundo ele, o aplicativo usa a localização de uma pessoa  através do BPS, e após usa os dados do Street View para restringi-los à sua localização exata. Após a localização ser fixada, ela mostrava grandes setas e direções em sua tela. “Era como se o Maps tivesse traçado minhas direções para o mundo real, embora ninguém mais pudesse vê-las”.

A explicação continua e ele diz que o aplicativo parece não permitir que o usuário use a câmera de modo persistente, solicitando que ela seja colocada para baixo após algum tempo e ainda exibindo a sai interface de mapa regular assim que faz isso.

Google passa a permitir que alguns usuários testem recurso de navegação de AR para Google Maps.Google passa a permitir que alguns usuários testem recurso de navegação de AR para Google Maps.

Conforme Rachel Inman, líder de experiência do usuário da empresa, diz para ele que é “para aqueles momentos como ‘estou saindo do metrô, para onde vou primeiro?’”

Conforme Pierce, a interface visualizada por ele pode mudar. O Google, porém, não mencionou uma possível data para o início da disponibilidade da novidade para “alguns Guias Locais”.

Algumas empresas como Apple, Facebook, Google, North, Vuzix e outras já estão trabalhando ou mesmo vendendo os seus próprios óculos de realidade aumentada, o que aumenta a probabilidade do novo recurso chegar em breve.

Fonte: The Verge

Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal