Oficina da Net Logo

Funcionários do Google arrecadam mais de US$ 200.000 em fundo de greve

Google tem enfrentado diversos protestos por parte dos funcionários ao longo dos últimos meses.

Por | @oficinadanet Google Pular para comentários

Nesta semana, um funcionário do Google disse que os colaboradores da empresa prometeram mais de US$ 100 mil para um fundo de greve, tudo isso após as notícias dos planos da empresa para a China.

A notícia mais recente, de acordo com o Intercept através de um relatório, é sobre as respostas dos executivos em relação a criação de um mecanismo de busca censurado na China. Assim, o relatório inclui as preocupações por parte de engenheiros em que diziam que o processo de segurança e privacidade havia sido deixado de lado.

Funcionários do Google arrecadam mais de US$ 200.000 em fundo de greve.Funcionários do Google arrecadam mais de US$ 200.000 em fundo de greve.

Liz Fong-Jones, defensora dos funcionários, em resposta, disse através do Twitter que os funcionários do Google devem considerar como os funcionários iriam responder caso os executivos superassem as recomendações da equipe de segurança e privacidade. Leia em destaque: Palavras mais buscadas no Google em 2018 no Brasil e no Mundo.

Devem “pensar sobre como seria um fundo de greve e como seria um fundo de apoio mútuo de renúncia em massa, especialmente para fornecer cobertura a pessoas com vistos H1B”, disse ela. Fong-Jones ainda se ofereceu para igualar os primeiros US$ 100.000 levantados.

"Ok, o total de 100 mil dólares foi levantado", disse Fong-Jones através de um tweet. "Assista a este espaço para mais detalhes, uma vez que eu falei com o conselho legal e organizadores trabalhistas mais experientes."

O Google tem enfrentado diversas manifestações por parte dos seus funcionários nas últimas semanas. Vale mencionar que início do mês, mas de 20 mil funcionários saíram para protestar contra o assédio sexual envolvendo um funcionário da empresa. Em seguida, os funcionários protestaram contra o projeto de um sistema de buscas para a China.

Fonte: The Verge 

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #Google  #protesto  #privacidade  #china
Comentários
Carregar comentários