Oficina da Net Logo

Google Chrome contará com recurso de aceleração de carregamento de páginas

A novidade está presente na versão Canary do Chrome, que é dedicada para testes por parte dos desenvolvedores e deve chegar a versão estável do programa.

Por | @oficinadanet Google

O Google está preparando uma novidade que deverá agradar muito os internautas. O navegador mais popular da rede contará com um recurso para organizar a melhor forma como um site é carregado e, deste modo, baixar inicialmente as imagens que aparecem na tela que foram visualizadas no início.

A parte restante é baixada em segundo plano e ativado de acordo com que o usuário realiza a rolagem, mostrando o conteúdo aos poucos com a finalidade de otimizar o carregamento. A funcionalidade é chamada como Iazy loading e existe em algumas páginas da web, em breve, porém, irá se tornar padrão do Chrome.

A novidade está presente na versão Canary do Chrome, que é dedicada para testes por parte dos desenvolvedores e deve chegar a versão estável do programa.

Google Chrome contará com recurso de aceleração de carregamento de páginas.Google Chrome contará com recurso de aceleração de carregamento de páginas.

Leia também:

Assim que um usuário acessa uma página, ela acaba sendo baixada para o computador a partir de servidores remotos. Os textos são mais leves e baixam de modo instantâneo, porém, as imagens são pesadas e levam mais tempo. Por essa razão, o Google está reorganizando o modo em que as imagens são baixadas do servidor da página para o seu dispositivo.

O Iazy loading, além de imagens, deve também ser aplicado ao download de blocos internos (frames) de uma página. A lógica seria a mesma e os blocos de conteúdos nos quais as páginas são divididas também irão passar a ser baixados de acordo com que os usuários se aproximam deles durante a navegação, tudo isso para reduzir o tempo total de carregamento de uma página.

Os usuários do Google Chrome Canary já podem ativar a novidade através do site chrome://flags/#enable-lazy-image-loading e chrome://flags/#enable-lazy-frame-loading. Em seguida, é necessário reiniciar o navegador para que as alterações possam entrar em vigor.

TAGS: Google, internet, site
COMPARTILHE
Comentários
Carregar comentários