Celulares sem certificação devem perder acesso à Play Store

O bloqueio faz parte de uma política mais seletiva da companhia com fabricantes de aparelhos que não seguem os padrões de desenvolvimento do software.

Por Google Pular para comentários

Agora, quem possui aparelhos celulares sem certificação da empresa terá mais uma dificuldade. O Google começou a bloquear o acesso a Google Play para tais aparelhos. O veto vale para o Google Apps, o pacote da companhia que inclui Gmail, Maps e ainda a loja oficial do Android.

O bloqueio faz parte de uma política mais seletiva da companhia com fabricantes de aparelhos que não seguem os padrões de desenvolvimento do software. A novidade irá atingir, principalmente, os aparelhos de marcas desconhecidas, clones e também os modelos piratas.

Celulares sem certificação devem perder acesso à Play Store.Celulares sem certificação devem perder acesso à Play Store.

O Android é um sistema de código aberto, mesmo assim, o Google sempre exigiu o cumprimento de padrões de desenvolvimento para aparelhos que rodam o software. A cada nova versão do sistema lançada por algum fabricante, a companhia solicita o cumprimento de testes de compatibilidade para liberar o acesso aos Google Apps. Deste modo, empresas como Samsung, LG, Motorola, Sony e Xiaomi acabam submetendo os seus produtos pela certificação.

No entanto, o controle sobre o processo de licenciamento era menos restrito. Assim, mesmo sem a certificação do Google, celulares e tablets que não tinham uma procedência muito conhecida tinham acesso livre à Google Play. A mudança do Google vai de acordo com a preocupação crescente com a segurança do Android, que é alvo recorrente de vulnerabilidades.

Uma fonte ligada à indústria, segundo o XDA Developers, disse que a política mais restrita do Google com fabricantes de smartphones vem desde o ano passado. A companhia já havia alertado com antecedência sobre as novas medidas.

O bloqueio automático de todos os aparelhos não certificados teria iniciado em 16 de março. Os celulares bloqueados passam a mostrar um alerta em tela cheia comunicando sobre a restrição.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
O que é mais importante em um smartphone?
Bateria(27,47%)
Câmera(10,80%)
Performance(57,09%)
Aparência(2,28%)
Tela(2,35%)