Vários usuários do Google Chrome foram infectados por falso Adblock

Falso Adblock acabou passando despercebido pelo Google.

Por | @oficinadanet Google

O Google acabou deixando uma extensão falsa passar por sua análise, sendo que ficou acessível para download na Chrome Store por um bom período de tempo. Nomeada de Adblock Plus, a ferramenta utilizada esse mesmo termo como nome de desenvolvedor, o que fez enganar ao menos 37 mil pessoas, que acabaram se confundindo com a função oficial.

A conta SwiftOnSecurity no Twitter foi a responsável pela descoberta, que reportou a falha de segurança promovida pelo Google. Após ser comunicada, a gigante das buscas removeu o Adblock Plus falso da sua loja de extensões.

Vários usuários do Google Chrome foram infectados por falso Adblock.Vários usuários do Google Chrome foram infectados por falso Adblock.

Leia também:

"Google permitiu que 37 mil usuários do Chrome fossem enganados por uma extensão falsa feita por um desenvolvedor fraudulento que clonou um nome popular e pratica spam. Desenvolvedores legítimos precisam se sentar o observar a Google esfregar extensões falsas que roubam seus nomes de boa índole”, disse a conta.

De acordo com os responsáveis pela descoberta do falso Adblock Plus da Chrome Store, baixar e instalar o serviço acarretou na aparição de anúncios intrusivos que abriam várias vezes no navegador.

Para quem ficou na dúvida se baixou ou não a falsa extensão, não custa dar uma conferida. Para fazer isso é necessário clicar no menu de três pontos verticais no canto superior direito do Google Chrome, ir em “mais ferramentas” e selecionar “extensões”.

Mais sobre: google chrome adblock
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter