Oficina da Net Logo

Vários usuários do Google Chrome foram infectados por falso Adblock

Falso Adblock acabou passando despercebido pelo Google.

Por | @oficinadanet Google Pular para comentários

O Google acabou deixando uma extensão falsa passar por sua análise, sendo que ficou acessível para download na Chrome Store por um bom período de tempo. Nomeada de Adblock Plus, a ferramenta utilizada esse mesmo termo como nome de desenvolvedor, o que fez enganar ao menos 37 mil pessoas, que acabaram se confundindo com a função oficial.

A conta SwiftOnSecurity no Twitter foi a responsável pela descoberta, que reportou a falha de segurança promovida pelo Google. Após ser comunicada, a gigante das buscas removeu o Adblock Plus falso da sua loja de extensões.

Vários usuários do Google Chrome foram infectados por falso Adblock.Vários usuários do Google Chrome foram infectados por falso Adblock.

"Google permitiu que 37 mil usuários do Chrome fossem enganados por uma extensão falsa feita por um desenvolvedor fraudulento que clonou um nome popular e pratica spam. Desenvolvedores legítimos precisam se sentar o observar a Google esfregar extensões falsas que roubam seus nomes de boa índole”, disse a conta. Leia em destaque: Palavras mais buscadas no Google em 2018 no Brasil e no Mundo.

De acordo com os responsáveis pela descoberta do falso Adblock Plus da Chrome Store, baixar e instalar o serviço acarretou na aparição de anúncios intrusivos que abriam várias vezes no navegador.

Para quem ficou na dúvida se baixou ou não a falsa extensão, não custa dar uma conferida. Para fazer isso é necessário clicar no menu de três pontos verticais no canto superior direito do Google Chrome, ir em “mais ferramentas” e selecionar “extensões”.

Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais