Entrevista feita com produtor de Final Fantasy VII Remake revela motivo de divisão do game

Confira o que foi dito na entrevista com o produtor e co-diretor de Final Fantasy VII Remake. Dentre suas falas, foi dito o motivo pelo qual o game foi dividido em partes.

Cena de Final Fantasy VII Remake com o personagem Sephiroth
Cena de Final Fantasy VII Remake com o personagem Sephiroth

Recentemente, a Square Enix disponibilizou em seu site uma entrevista com o produtor de Final Fantasy VII Remake, Yoshinori Kitase e o co-diretor, Naoki Hamaguchi. Em meio as perguntas, finalmente tivemos uma explicação clara sobre o motivo da divisão do jogo em vários títulos (capítulos).

Dentre as opções postas, o estúdio podia adicionar extras e dividir a história em partes ou refazer toda a história de Final Fantasy VII e cortar parte do conteúdo para tornar o projeto viável. Yoshinori diz:

"No início do projeto, tínhamos duas direções que poderíamos seguir. A primeira foi criar o projeto com o mais alto nível possível de gráficos, qualidade visual e detalhes, e não remover nada que os fãs quisessem ver. Em vez disso, expandiria o jogo original, para torná-lo ainda mais imersivo. A outra opção era incluir todo o escopo do jogo original em um único lançamento. Mas, para fazer isso funcionar como um jogo moderno, não poderíamos buscar a mais alta qualidade visual e também teríamos para cortar áreas e cenas do original."

O produtor do RPG continua sua fala dizendo:

"Essencialmente, para viabilizar um único lançamento, o jogo resultante acabaria sendo um resumo da história original, e não achamos que os fãs ficariam satisfeitos com isso. Por fim, decidimos que a melhor opção para o projeto era ir para o nível mais alto possível, com uma história expandida. Ter mais de um jogo no projeto nos permitiu focar em manter tudo o que as pessoas amavam no original, mas aumentar em mais detalhes e mais profundidade da história do que antes."

Resumindo, a Square Enix tem q visão de que Final Fantasy VII não seria viável se o game fosse feito todo em um único jogo. Claro, ainda não há como saber se foi uma escolha acertada enquanto não jogarmos o primeiro capítulo da série, mas vendo a demo que foi lançada recentemente, tudo leva a crer que será uma obra feita com muita qualidade. Confira abaixo algumas perguntas (respondidas na entrevista citada) postadas pelo estúdio conta oficial do título no Twitter:

- Preciso jogar o #FinalFantasy VII original para aproveitar o Remake?
- Veremos novas áreas de Midgar?
- Qual o papel do Red XIII no jogo?
- Haverá conteúdo de final de jogo em # FF7R?

Final Fantasy VII Remake será lançado no dia 10 de abril para Playstation 4. Sua trilha sonora (Original Soundtrack) será lançada no dia 27 de maio.

O que você espera de Final Fantasy VII Remake? Acha que foi uma decisão acertada da Square Enix fazer o jogo desta forma? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

Como aumentar a memória RAM no seu celular 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário