O que deveria ter sido uma celebração de um jogo de amado de estratégia tornou-se, de alguma forma, o jogo mais mal avaliado no Metacritic. Warcraft 3 Reforged tem o mesmo núcleo de sempre e algumas mudanças gráficas, como os novos modelos de alta resolução para unidades e edifícios (que de fato agradam os olhos), mas meio que é essa a proposta de um remaster né?

Devido à má comunicação da Blizzard e aos planos que mudaram ao longo do desenvolvimento, Reforged não é o remaster que muitas pessoas esperavam. A Blizzard até incomodou os jogadores que ainda estão no original de 2002, atualizando essa versão para o novo cliente de Reforged, que está estranhamente perdendo alguns recursos-chave.

Warcraft 3 Reforged, a Blizzard realmente pisou na bola

A Blizzard anunciou Warcraft 3: Reforged na BlizzCon em novembro de 2018, exibindo um trailer cinematográfico antes de falar sobre os planos para o remaster no palco. Um trailer de jogabilidade também listou vários dos recursos que chegam no novo remaster:

Após essa revelação, a Blizzard falou sobre Reforged em mais detalhes durante um painel. Naquela época, um dos grandes planos para Reforged era torná-lo melhor alinhado com WoW. Aqui estão algumas citações da equipe de desenvolvimento:

O designer principal Matt Morris: "Uma das coisas que queremos fazer com nossa campanha é nivelar o que as pessoas sabem de World of Warcraft. ... Olhando para trás na campanha agora, queremos que os locais que você se lembra ou conheça de World of Warcraft combinem com o que você vê em Reforged, e queremos passar por algumas das histórias e amarrar as duas franquias juntas."

Produtor Pete Stilwell: "É incrivelmente importante para nós primeiro acertar para a comunidade existente, e depois queremos fazer coisas para atrair mais pessoas. ... Mas ao fazê-lo, precisamos ter certeza de que vocês que estão nesta sala, aquele público central que nunca saiu deste jogo e amam até a morte, e não querem nos ver mudá-lo tão drasticamente que vocês não reconhecem mais. Essa é nossa primeira missão, para garantir que vocês nos dêem um polegar para cima quando o game sair. "

Grande expectativa e grande decepção:

A Blizzard também mostrou os novos modelos de heróis, falou sobre fazer mudanças nos mapas, e como Reforged coexistiria com o original dentro do mesmo cliente. É compreensível o que muitos fãs esperavam do jogo quando ele foi lançado no começo do mês, mas no final das contas eles se decepcionaram.

Reforged só cumpre algumas das promessas feitas em seu trailer inicial. Ele tem personagens remodelados, alguns mapas e campanhas remasterizados, e um novo editor de jogos personalizado. Suporta 4K, mas há asteriscos aqui.

Comparação entre o novo jogo e o antigo.
Comparação entre o novo jogo e o antigo.

Em 2018, mencionaram que havia limitações para mudanças de animação que eles poderiam fazer mantendo a nova versão de Warcraft 3 compatível com a antiga. E com certeza, essas eram óbvias em Reforged. O que realmente faz as unidades parecerem um pouco estranhas é seu baixo fps. Sim, você pode desfrutar de Warcraft 3 a 200fps, mas se você está olhando para o seu exército, parece mais como stop-motion.

Os mapas e campanhas "remasterizados", entretanto, acabaram por estar muito mais próximos da aparência em 2002 do que na demonstração de 2018. O vídeo abaixo compara as cenas cinematográficas planejadas de 2018 com a nova versão de lançamento. A simplificação é óbvia.

Grandes mudanças estavam notavelmente faltando do resto do jogo. Há algumas exceções, mas a maioria das cutscenes não tem a emoção ou o talento cinematográfico do que foi visto há pouco mais de um ano. Alguns locais, como Dalaran e Strathholme, viram uma atualização mais dramática, mas na maioria das vezes eles ficam muito próximos dos originais. Seu design permanece em grande parte excelente, se eles foram construídos com história e ritmo em mente, ou apenas uma grande luta online livre para todos. Jogadores veteranos notarão alguns ajustes, como campos, minas e outras coisas sendo movidas, mas mudanças significativas são poucas e distantes entre si. Apesar das texturas de maior qualidade, é como jogar WoW Classic com modelos de personagens modernos. A justaposição só faz com que os mapas pareçam mais datados.

Houve grande falta de comunicação sobre como seria o Remaster:

A Blizzard também falou sobre fazer mudanças menos dramáticas na campanha. Disse o produtor Pete Stillwell: "No ano passado, como vocês viram com The Culling, fomos realmente agressivos em algumas mudanças, eu acho, e contando a história de uma perspectiva diferente. Recebemos um feedback bastante divisivo, de "não mude meu jogo" vs. "oh, isso é legal, vai receber um novo público" . Então voltamos um pouco e vimos que não estávamos felizes com aquilo, por isso regredimos um tanto nas mudanças. "

Stillwell acrescentou, porém, que "todas as câmeras foram retrabalhadas. Todos os modelos são novos. Há toneladas de novas animações e gestos, coisas que os fazem parecer mais reais." Assim, Reforged foi significativamente reformulado, mas de maneiras muito mais sutis do que a maioria dos fãs esperava após a revelação de 2018.

Ao tentar tornar Reforged e clássico Warcraft 3 compatível entre si, a Blizzard tornou o velho jogo notavelmente pior. Se os jogadores atualizarem seus clientes, eles perdem recursos que tiveram há anos, independentemente de terem comprado Reforged. Isso pode ser um problema de curto prazo — a Blizzard planeja relançar o competitivo, e provavelmente corrigirá grandes problemas, como campanhas personalizadas nos próximos meses — mas parece improvável que os jogadores recuperem tudo, já que Warcraft 3 é atualizado para essa nova Infraestrutura. Um post no blog da Blizzard confirma que algumas características, como torneios, raramente foram usadas e não serão restauradas. O lançamento parece falhar completamente o objetivo do produtor Rob Bridenbecker de não "quebrar" a comunidade ou o jogo original.

Conclusão:

É claro que os jogadores de Warcraft 3 tem razão em ficarem furiosos e decepcionados, mas a nota de 0.5 no Metacritic é um tanto quanto ridícula. O jogo ainda é bem consistente, um jogo de estratégia completo, divertido e muito mais bonito. O erro fatal foi a enorme expectativa criada em cima de uma comunidade de jogadores fieis a 16 anos e que não foram informados propriamente do que seria o remaster de um jogo tão icônico quanto Warcraft 3. Não apenas isso, prejudicar a experiência de jogadores antigos ao forçar uma atualização do cliente também está longe do ideal. O hate não surgiu do nada, foi um processo de construção de dois anos e a culpa é totalmente da Blizzard. Culpa propor algo grande, entregar algo diferente e conservador e de simplesmente não atualizar os jogadores sobre nada disso. É completamente compreensível você ficar com raiva quando se compra um jogo esperando uma coisa e recebe outra, ainda mais com o fator agravante de se estar lidando com uma comunidade de longa data, crítica e nostálgica. O jogo pode ser maravilhoso para novos jogadores, mas honestamente, a parcela gigantesca de players que iriam jogar Reforged eram antigos, e tem sido assim por muitos anos.