Mortal Kombat: Os 5 piores jogos da franquia

Confira alguns dos piores jogos da franquia Mortal Kombat, que de alguma forma decepcionaram os fãs e a crítica especializada.

Por Games Pular para comentários
Mortal Kombat: Os 5 piores jogos da franquia

A franquia de Mortal Kombat é uma das franquias de jogos do gênero de luta mais clássicas do mundo dos vídeo games. A obra se tornou conhecida por conta dos Fatalities, ataques deferidos para finalizar o inimigo onde havia cenas geralmente chocantes e bem sangrentas. Estes movimentos especiais acabaram virando uma marca registrada dos títulos da série e estão presentes em todas sequencias da franquia, onde na grande maioria das vezes foram recebidos de maneira positiva pela crítica especializada e pelos fãs.

Entretanto, por mais que existam muitos títulos bons da franquia, há algumas exceções devido a "erros" cometidos pelos desenvolvedores. Alguns destes jogos são realmente ruins, porém há aqueles que são perdoáveis e não chegam a ter uma péssima experiencia durante a jogatina.

Veja abaixo alguns dos títulos considerados como os games decepcionantes da franquia ao longo de sua existência.

Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero

Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero
Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero

Este foi o primeiro jogo da série a testar implementar um estilo diferente ao game, o de aventura. Neste título, o jogador controla o personagem sub-zero em busca de um amuleto para o vião Quan Chi.

Quando foi lançado, o jogo foi recebido bem por alguns e muito criticado por outros. Analisando de maneira geral, a ideia até que foi interessante, mas infelizmente o time de desenvolvedores não conseguiu dar uma boa forma ao projeto. Principalmente no caso da versão lançada para o console Nintendo 64, que não se deu bem com a utilização de cartuchos. Por conta disso, nenhum sucessor desta versão chegou a ser lançado.

Mortal Kombat Gold

Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero
Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero

Este jogo foi desenvolvido apenas para o console Dreamcast, desenvolvido pela Sega. O game era uma versão aprimorada de Mortal Kombat 4 e foi o primeiro a utilizar-se de gráficos em 3D. Entretanto, esta edição não é exatamente como se prometia e os jogadores não a descreveriam assim.

Mortal Kombat Gold foi recebido como o game bem mediano, para não dizer ruim. Seus fãs e a crítica especializada não fizeram felizes com os gráficos, com as armas disponíveis e a ocorrência de alguns erros, bugs.

Mortal Kombat: Special Forces

Mortal Kombat: Special Forces
Mortal Kombat: Special Forces

Este título foi taxado como o pior já feito de toda a série de jogos de Mortal Kombat. Os desenvolvedores fizeram uma mistura do gênero de luta com o de aventura, assim como foi feito com "Sub-Zero", e infelizmente falhou também.

Levando em consideração a linha do tempo de lançamentos, este seria o primeiro jogo da franquia. O protagonista dele é Jax, que tem como objetivo impedir que a gangue chamada Dragão Negro, liderada por Kaino, coloque as mãos em um poderoso artefato.

A principal crítica feita para este game foi a falta de violência tradicional da série, além de possuir gráficos e design bem pobres, com um gameplay considerado sem graça. O próprio idealizador da franquia já afirmou a ocorrência de problemas de desenvolvimento e que no final, o produto deixou a desejar.

Mortal Kombat: Armageddon

Mortal Kombat: Armageddon
Mortal Kombat: Armageddon

Este foi considerado um dos jogos mais ambiciosos da franquia de Mortal Kombat. Armageddon marcou o término da sequência de jogos originais da franquia e possui todos os personagens que aparecerem durante seus títulos anteriores.

Mesmo que não tenha sido um fiasco, o título foi polemico por conta de seus Fatalities, onde, neste caso, eram criados pelo jogador através de um mecanismo de golpes pré-determinados, ao invés de realizar uma sequência de botões para cada personagem.

Outra crítica que houve em Armageddon, foi a utilização da mesma engine dos jogos anteriores, possuindo poucas alterações entre os golpes dos personagens e o reaproveitamento da aparência de antecessores.

Mortal Kombat vs. DC Universe

Mortal Kombat vs. DC Universe
Mortal Kombat vs. DC Universe

Este foi um crossover bem inesperado, onde uniu o mundo de Mortal Kombat (MK) e o universo da DC. Os dois universos acabaram se "tornando um só" depois que os vilões Shao Khan e Darkseit se uniram virando Dark Kahn.

Sua aceitação naõ foi tão ruim, porém houve uma crítica muito forte por conta dos Fatalities. Com a presença da DC, os golpes especiais de MK deixaram de ser exagerados e sangrentos. Entretanto, ainda vale lembrar que mesmo com este problema, a recepção chegou a ser positiva, embora não tanto quanto a de seus antecessores.

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários