Oficina da Net Logo

The Division 2 terá mais conteúdo endgame, diz produtor

Em 2016, foi lançado o primeiro jogo da franquia, em que oferecia uma experiência multiplayer bem interessante, porém, um tanto limitada.

Por | @oficinadanet Games Pular para comentários

Entre os games, as versões multiplayer online costumam ser bem recebidas pelos jogadores. O modelo de “jogos como serviço” é uma grande tendência no mercado atual, sendo que está baseado na ideia do jogo se tornar um serviço a longo prazo. The Division 2 tentará cumprir este objetivo.

Em 2016, foi lançado o primeiro jogo da franquia, em que oferecia uma experiência multiplayer bem interessante, porém, um tanto limitada. Quando terminava, não havia o que mais explorar no cenário. De acordo com o produtor Nick Scurr, que trabalha na Ubisoft Leamington, isso foi um erro, e que não deve ser repetido na sequência.

The Division 2 terá mais conteúdo endgame, diz produtor.The Division 2 terá mais conteúdo endgame, diz produtor.

“Assim que o desenvolvimento do jogo começou, olhamos para trás e percebemos que o primeiro The Division não tinha quase nada de conteúdo endgame. Então escolhemos esse como nosso foco principal. Pensamos em como poderia funcionar, como manter os jogadores interessados após o fim da campanha. Não queríamos enfiar conteúdo repetitivo, apenas colocar as mesmas missões em uma dificuldade mais elevada. É aí que entra os principais grupos de inimigos, as facções, que dão uma mexida na estrutura do jogo.” Leia em destaque: Lançamentos de games da semana (18/03 a 24/03).

Em The Division 2, conseguir chegar ao nível 30 será um ponto de mudança importante. Com isso, uma nova narrativa será desbloqueada. “Para te ajudar nessa etapa, é possível escolher entre três especializações: Sobrevivencialista, Demolidor e Atirador de Elite. Cada um tem habilidades e armas únicas, como o arco-flecha explosivo, lançador de granadas e um rifle poderoso. Então além de uma história nova, teremos armas inéditas. Há muito conteúdo depois da campanha terminar”, diz.

A ideia é fornecer uma boa quantidade de conteúdo em um jogo descontraído. O jogo não pretende “negligenciar os bolsos dos jogadores”, segundo Scurr. Para começar teremos três grandes expansões com novas narrativas e inimigos, mas todo e qualquer patch de correção e adição de coisas pequenas serão totalmente sem custo e para todos os jogadores”.

The Division 2 chega em 15 de março para Xbox One, PC e PlayStation 4.

Fonte: JovemNerd

Comentários
Carregar comentários